F1: Peso mínimo dos carros pode ser aumentado em 5kg; entenda

Tópico esteve presente nas reuniões dos chefes de equipe durante a pré-temporada em Barcelona e tem como objetivo impedir guerra de gastos nesta área

F1: Peso mínimo dos carros pode ser aumentado em 5kg; entenda
Carregar reprodutor de áudio

Entre as diversas questões técnicas que dominaram as conversas no paddock durante os testes de pré-temporada da Fórmula 1 2022 em Barcelona, um acabou passando quase silencioso: o peso dos carros. Boa parte das equipes passaram a se movimentar para pedirem à FIA um aumento no peso mínimo dos novos carros, o que parece próximo de se concretizar.

Segundo informações de bastidores, cinco quilos é a quantidade que a F1 está próxima de aceitar, arredondando o peso mínimo dos carros de 795kg para 800kg, após nove das dez equipes terem admitido que seus carros estão bem acima do mínimo previsto para 2022.

Leia também:
Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Photo by: Erik Junius

A Red Bull foi além, querendo que o regulamento aumentasse em 15kg, um verdadeiro exagero, enquanto outros queriam 10kg mas, ao final, parece que tudo está acordado para 5kg.

Apesar do regulamento determinar que esse peso seja mínimo, e não máximo, as equipes insistiram muito nisso porque reduzir o peso de um carro é muito caro. Esse tratamento de "emagrecimento" colocaria as equipes em uma guerra de gastos que acabaria comprometendo o tão importante desenvolvimento do carro para 2022.

Por isso, o aumento do peso mínimo tem como efeito colateral alterar os planos que as equipes vinham desenvolvendo desde o fim dos testes de Barcelona. Um alívio, já que a F1 entra em seu segundo ano de teto orçamentário com uma redução de 5 milhões de dólares em comparação com o ano passado.

Lewis Hamilton, Mercedes W13

Lewis Hamilton, Mercedes W13

Photo by: Erik Junius

Vale lembrar que 10kg em um circuito como o de Barcelona impacta o tempo de volta em aproximadamente três décimos de segundo, porque esse aumento freia a escala de rendimento. Segundo rumores do paddock, a Mercedes tem entre 3,5 e 4kg além dos 795kg, e a Ferrari fica entre 5 e 10kg.

Era esperada uma resolução da FIA na semana passada, mas o tema deve ser discutido novamente durante os testes do Bahrein nos próximos dias, e há um aspecto que deve ser levado em conta nesta análise.

Guanyu Zhou, Alfa Romeo C42

Guanyu Zhou, Alfa Romeo C42

Photo by: Alfa Romeo

O C42 da Alfa Romeo é o único carro que chega a ter um peso inferior ao limite: o modelo da equipe de Hinwil usa uma superfície ultraleve que a permitiu adicionar lastro para ajudar no equilíbrio.

O problema para eles é que a solução também se mostrou extremamente frágil, sofrendo bastante com o efeito porpoising nas retas, o que causou danos custosos na parte inferior do carro. Isso obrigou a Alfa a aumentar a altura do carro em cerca de 30 milímetros, o que impacta na carga aerodinâmica.

Por isso, a Alfa Romeo chegará ao Bahrein com um assoalho plano mais sólido e pesado, passando dos 795kg, reduzindo a vantagem competitiva que haviam obtido. Esse ajuste deveria remover qualquer dúvida que a FIA teria no debate do aumento do peso mínimo dos carros.

Guanyu Zhou, Alfa Romeo C42

Guanyu Zhou, Alfa Romeo C42

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Mas sem os problemas da Alfa, a questão se torna mais espinhosa, porque eles poderiam reclamar de gastar parte do dinheiro do teto orçamentário no aumento do peso do carro. Neste caso, a FIA teria que avaliar se era correto dar a todos uma vantagem já de cara no início da nova era.

Agora que a Alfa Romeo deve superar o limite, o caso deve passar sem problemas. Com isso, os carros devem chegar a 800kg de peso mínimo sem maiores problemas, especialmente porque o diretor esportivo da F1, Ross Brawn, acredita que os novos carros sejam muito rápidos, já que a diferença nos tempos de volta que era esperado em comparação com os modelos de 2021 não se concretizou.

Mercedes tem PENA de Verstappen, Hamilton CRITICA Max e título de 2021 é posto na conta de DIRIGENTE

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #164 - Certezas e dúvidas após pré-temporada da F1 na Espanha

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
ANÁLISE: Como Verstappen e Red Bull podem viver 'juntos para sempre' na F1
Artigo anterior

ANÁLISE: Como Verstappen e Red Bull podem viver 'juntos para sempre' na F1

Próximo artigo

F1: Pirelli anuncia escolhas de pneus para os primeiros GPs de 2022; veja

F1: Pirelli anuncia escolhas de pneus para os primeiros GPs de 2022; veja