Últimas notícias
Fórmula 1 GP da Bélgica

F1: Red Bull com chassi mais leve para restante da temporada?

Equipe realizou testes de colisão para a homologação de chassi mais leve; mudança será somente para Verstappen ou Pérez também irá usufruir?

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Evidentemente, a Red Bull não deu a temporada 2022 por terminada, apesar de Max Verstappen ter uma vantagem de 80 pontos sobre Charles Leclerc no campeonato de pilotos. A prova vem do Auto Motor und Sport, a revista de referência alemã, que antecipa que a Red Bull estaria homologando um novo chassi mais leve para combater o sobrepeso que atinge quase todos os carros, exceto ao Alfa Romeo C42.

Leia também:

Ao RB18 se atribuem cerca de sete quilos acima do mínimo de 798kg indicado pelas normas da FIA, sendo superado apenas pela Mercedes W13 com oito quilos, já que Haas e McLaren limitaram a diferença de peso a três quilos. Aston Martin e Williams teriam se aproximado do limite com a introdução das evoluções dos seus carros, enquanto a Ferrari não deve estar longe do patamar de poder introduzir o lastro para equilibrar o carro.

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Em comparação com o carro do ano passado, foram aumentados 46 quilos para cumprir com a nova regra de segurança e a introdução de mantas e pneus de 18 polegadas. Depois dos testes de inverno, várias equipes tinham solicitado à FIA que fosse aumentado o peso mínimo em torno de dez quilos, petição que foi negada, já que a correção concedida foi de apenas alguns kgs.

Com a introdução da TD39, que a partir de Spa-Francorchamps impõe um dos pisos mais rígidos, é de se esperar que a massa volte a subir na escala, por isso não deve surpreender a decisão da Red Bull de investir um orçamento significativo em para aliviar a carroceria do RB18.

Red Bull RB18: il team di Milton Keynes sta omologando un telaio più leggero

Red Bull RB18: il team di Milton Keynes sta omologando un telaio più leggero

Photo by: Giorgio Piola

Só para Verstappen ou também para Sergio Pérez?

Não seria de espantar se a escuderia comandada por Christian Horner construísse apenas um chassi para Verstappen: a equipe líder do campeonato tem que lidar com o teto orçamentário e,  ao julgar pelas mudanças introduzidas corridas após corridas, a Red Bull está sem dúvidas entre os que mais gastaram até agora. É possível que tenham decidido investir o orçamento extra que foi concedido às equipes para drenar o efeito da inflação, que superou os dois dígitos no Reino Unido.

A equipe pode ter uma vantagem dupla com o chassi novo: além de imediatamente recuperar rendimento com o tratamento de emagrecimento, também terá dados muito úteis para o desenvolvimento do nascimento do carro do ano que vem, uma vez que a luta contra o peso mínimo continuará.

Podcast #191 – O que primeira parte da temporada da F1 em 2022 trouxe de bom e ruim?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior GP da Bélgica de F1: Horários e como assistir à etapa de Spa-Francorchamps , com F2 e F3
Próximo artigo Ricciardo vê Pérez como exemplo do quão rápido carreiras podem mudar na Fórmula 1

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil