F1: Ricciardo revela ainda não ter contrato para correr em 2023

Australiano enxerga possibilidade de ano fora da categoria como oportunidade de dar "dois passos para frente" em 2024

Daniel Ricciardo, McLaren,

Daniel Ricciardo sugeriu que poderia ter um ano fora da Fórmula 1 em 2023 se isso o permitir dar "dois passos para frente" ao voltar em 2024.

Ricciardo vai deixar a McLareno fim da temporada depois de acertar uma rescisão mútua mesmo tendo um ano restante em seu contrato após uma passagem difícil por Woking. O australiano deixou claro que não quer se apressar em nenhuma decisão sobre seu futuro, mas segue disposto a seguir competindo na categoria se surgir a oportunidade certa.

Leia também:

Falando no programa de rádio da Austrália, Fitzy e Wippa, na quinta-feira, Daniel Ricciardo disse que ainda não sabe o que seu futuro o esperava, mas estava considerando cuidadosamente suas opções junto com sua equipe.

"Quando digo que não sei é porque ainda não tenho contrato para o próximo ano", disse Ricciardo.

“Ainda pode acontecer? Poderia. Acho que não vou ficar muito preso no próximo ano. Claro que quero correr, quero estar no grid, quero competir. “Mas eu não estou vendo o próximo ano como tudo ou nada. Obviamente 2024 é algo que eu quero estar ciente e olhar.

"É assim que estou, se isso significa dar um passo atrás para dar dois passos para frente, então isso é o que estamos tentando descobrir neste momento, minha equipe e eu. Então, pode ser um ano fora." Ricciardo adicionou que, se tirar um ano sabático, "ainda estaria com a mentalidade de voltar ao grid em 2024".

Os únicos assentos vazios atualmente para 2023 se encontram na Alpine, Alfa Romeo, Haas e Williams, mas ainda não está claro que interesse essas equipes têm em Ricciardo. O time de Enstone está de olho em Pierre Gasly, que tem contrato com a AlphaTauri, que por sua vez conversou com Nyck de Vries para um possível substituto. 

De Vries também é objeto de interesse da Alpine, já que ele participou do teste privado da equipe na Hungria nessa semana, assim como para Williams com quem fez sua estreia na F1 em Monza substituindo Alex Albon.

Se espera que a Alfa Romeo continue com Zhou Guanyu depois de uma impressionante temporada de estreia, enquanto acredita-se que a Haas tem Antonio Giovinazzi e Nico Hulkenberg nos primeiros lugares de sua lista para 2023.

Ricciardo está sendo ligado a um possível papel de piloto reserva na Mercedes em 2023, mas Lewis Hamilton disse que acreditava que o australiano era "talentoso demais" para não competir no próximo ano.

VÍDEO: O rumor sobre da Matta comandar a Audi na F1

Podcast #196 - Após recorde, qual Alonso ficará para a história da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Ferrari avalia novo assoalho na esperança de melhora em Singapura
Próximo artigo F1: Saída de Alonso e Piastri da Alpine não atrapalhara meta 'audaciosa' traçada por Rossi em 2021; saiba mais

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil