F1: Sainz explica "cenário estranho" com Hamilton no GP da Estíria

Piloto espanhol se viu 'travado' enquanto o heptacampeão lutava por ritmo

F1: Sainz explica "cenário estranho" com Hamilton no GP da Estíria

Carlos Sainz disse que a Ferrari precisou enviar uma mensagem à Mercedes para contornar o "estranho cenário" no GP da Estíria de Fórmula 1.

O espanhol estava em uma luta acirrada com Lando Norris, da McLaren, pelo quinto lugar na corrida do Red Bull Ring, mas a batalha foi interrompida quando Sainz foi passado por Lewis Hamilton.

Leia também:

Tendo sido forçado a deixar a Mercedes passar depois de uma mudança para pneus duros, Sainz rapidamente se viu 'travado' enquanto o heptacampeão lutava por ritmo.

Sem saber o que fazer, enquanto Norris se afastava, Sainz disse que a Ferrari teve que enviar uma mensagem de rádio para alertar a Mercedes de que precisava passar.

"Foi um cenário muito, muito estranho", explicou o espanhol. 

“Saí dos boxes com os duros e estava ansioso por pegar Lando, porque tínhamos ritmo."

"Infelizmente, tive que deixar Lewis passar, porque recebi bandeiras azuis, e daí em diante eu esperava que Lewis se afastasse."

“Mas, por algum motivo, a Mercedes estava lutando um pouco com os pneus e eu fui um pouco mais rápido do que ele. Também não queria fazer nada estúpido porque sei que ele está lutando pelo campeonato e estava em P2 nessa corrida."

“Também não queria comprometer a corrida dele, mas ao mesmo tempo estava ficando um pouco impaciente porque podia ver que não íamos alcançar o Lando e que ele não ia ultrapassar o Lando."

"Então, em algum momento, junto com minha equipe, encontramos uma forma de transmitir à Mercedes que seria muito legal da parte deles se pudessem nos deixar passar. Eu ativei o DRS e então eles nos deixaram passar e pude começar a perseguir Lando novamente."

No rádio da equipe, Sainz perguntou se a Scuderia poderia falar com a Mercedes e solicitar que Hamilton abrisse caminho.

Ele perguntou: "Você não pode falar com a Mercedes e dizer a eles que vou me afastar, por favor?"

A Ferrari confirmou que veria o que poderia fazer e pouco depois disse a Sainz: "Você pode tentar se desvencilhar".

O espanhol questionou se não seria muito arriscado tentar a manobra e o time de Maranello então respondeu que o britânico foi avisado para deixá-lo passar.

Depois de acenar agradecendo a Hamilton enquanto ele avançava, Sainz disse: "Devo uma a Lewis, obrigado rapazes."

Embora não tenha conseguido pegar Norris e voltado para casa em sexto lugar, o piloto sentiu que o desempenho geral foi talvez o melhor da temporada até o momento.

"No ar limpo, conseguimos começar a rodar em um ritmo muito competitivo, ainda mais competitivo do que a McLaren, e muito próximo dos líderes", disse.

“Desde então, a sensação com o carro tem sido incrível e no geral tem sido, apenas analisando rapidamente, provavelmente minha corrida mais completa desde que estou na Ferrari."

"Estou muito orgulhoso de toda a gestão do ritmo e dos pneus", concluiu. 

F1 2021: Será o FIM DA MERCEDES? E a RED BULL, vai ser campeã? GP, Porsche, GTSR e + | RETA FINAL

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Sequência de corridas até férias da F1 será chave para campeonato?

 

compartilhar
comentários
F1: Ferrari diz que dificuldades na Mercedes é resultado de falta de estabilidade na organização

Artigo anterior

F1: Ferrari diz que dificuldades na Mercedes é resultado de falta de estabilidade na organização

Próximo artigo

F1: Norris acredita que Ferrari pode facilmente ficar à frente da McLaren

F1: Norris acredita que Ferrari pode facilmente ficar à frente da McLaren
Carregar comentários