F1: Sainz tem primeiro dia como piloto da Ferrari e fará teste em janeiro

Espanhol conheceu seus futuros colegas de trabalho e deve ir para pista antes mesmo da pré-temporada

F1: Sainz tem primeiro dia como piloto da Ferrari e fará teste em janeiro

Carlos Sainz viveu o seu primeiro dia 'de vermelho', como piloto da Ferrari, conhecendo Maranello e os futuros colegas nesta sexta-feira.

Embora a McLaren se opusesse a ideia de Sainz estar no teste de Abu Dhabi com a Ferrari, o bom relacionamento entre o piloto e a equipe levou à liberação do madrilenho antes da virada do ano, que pôde fazer sua primeira visita a Maranello como piloto da escuderia.

Leia também:

Ele conheceu aqueles que serão os seus técnicos e as instalações onde passará grande parte do tempo entre 2021 e 2022. Foi apresentado à fábrica e fez uma série de reuniões para conhecer as pessoas com quem trabalhará.

Falando deste dia, o espanhol disse que a experiência inicial de estar em Maranello foi algo que recordaria para o resto da vida.

"Foi a minha primeira vez na Ferrari e, obviamente, como podem imaginar, é bastante especial", disse o espanhol. “Foi um dia especial para mim em geral. E provavelmente é um dia que nunca esquecerei."

Carlos Sainz vai mudar sua vida da Inglaterra para a Itália, e há meses vem entendendo o que é ser piloto da Ferrari, com o apoio que recebeu dos tifosi que estavam fora dos circuitos.

“Estou totalmente pronto e motivado aqui hoje, tendo deixado o Reino Unido ontem. Tudo é totalmente novo e renovado para este novo desafio.”

Além disso, durante uma reunião com a mídia nesta sexta-feira, incluindo o Motorsport.com, Mattia Binotto lançou outra novidade: Sainz fará sua estreia com o carro da Ferrari antes da pré-temporada.

Dado que as equipes terão apenas três dias de teste (um dia e meio para cada piloto) em 2021, a escuderia quer encurtar os tempos de 'aclimatação' e organizará um teste com Sainz em janeiro com o carro 2018, o SF71H.

O carro que usarão (seguramente no circuito da Ferrari em Fiorano) pode ainda ser outro, pois em 2021 já poderão usar, por regulamento, o SF90 de 2019.

Os testes com carros antigos (de pelo menos dois anos antes) não têm limitação de quilometragem e, embora pouco possa ser aprendido sobre velocidade e estilo de direção com essas experiências, as simulações de processo que são seguidas a cada GP podem ajudar a chegar em março melhor preparado.

“Terei férias no Natal, para desligar e recarregar as baterias o mais rápido possível. Mas podem ter certeza que estarei aqui no início de janeiro para continuar trabalhando, para continuar ajudando esta equipe a avançar o mais rápido possível na melhor direção.”

“Honestamente, estou ansioso por isso. Já tive minhas primeiras reuniões e dei uma olhada na fábrica e é algo que nunca esquecerei.”

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Pietro Fittipaldi DETALHA tensão na Haas durante batida de Grosjean e PROJETA futuro

PODCAST: Como ficará marcada a temporada de 2020 da F1?

 

compartilhar
comentários
F1: Ferrari revela nome de carro de 2021 e planos para lançamento

Artigo anterior

F1: Ferrari revela nome de carro de 2021 e planos para lançamento

Próximo artigo

Wolff: F1 tem que fazer tudo para ter novos motores em 2025

Wolff: F1 tem que fazer tudo para ter novos motores em 2025
Carregar comentários