F1 - Verstappen: Russell tornaria as coisas " muito difíceis" para Hamilton na Mercedes

Holandês destacou o bom trabalho que Russell vem fazendo na Williams e sua participação na Mercedes em 2020

F1 - Verstappen: Russell tornaria as coisas " muito difíceis" para Hamilton na Mercedes

O holandês Max Verstappen acredita que George Russell seria capaz de tornar as coisas "muito difíceis" para Lewis Hamilton caso ele se torne o novo companheiro do heptacampeão na Mercedes a partir da temporada 2022 da Fórmula 1.

A Mercedes deve anunciar em um futuro próximo qual é a decisão sobre a segunda vaga em 2022, ponderando entre Russell e Valtteri Bottas.

Leia também:

O britânico é amplamente visto como o favorito, sendo parte da Academia da Mercedes desde 2017 e brilhando em seus anos com a Williams na F1, além de uma impressionante participação com a equipe alemã no GP de Sakhir do ano passado, substituindo Hamilton, afastado pela Covid-19.

O ex-companheiro de Hamilton, Nico Rosberg, disse ao Motorsport.com na quarta que, em sua visão, as coisas esquentariam na Mercedes se Russell for o escolhido para correr ao lado de Hamilton, representando um desafio maior que o de Bottas atualmente.

Questionado pelo Motorsport.com sobre sua visão na mudança potencial de dinâmica na Mercedes, Verstappen disse que Russell tornaria "as coisas muito difíceis para Lewis".

"Ele entrou no carro no Bahrein e basicamente já estava bem desde a primeira volta, dificultando as coisas para Valtteri. Então imagine após ganhar experiência no carro, ficando mais acostumado com a equipe. Naturalmente se tornará mais rápido".

"Quando você faz a primeira corrida, é guiado pela equipe em direção de ajustes, porque você ainda não sabe o que fazer com o carro. Mesmo que os carros da F1 sejam meio similares, o modo de fazer ajustes pode ser muito diferente".

"Então, sim, estou confiante disso. Vocês já puderam ver, a performance dele em Spa foi muito boa. Claro, eles ajustaram o carro para o molhado mas, de qualquer jeito, fazer isso com a Williams é muito impressionante".

"Espero que ele vá muito bem se conseguir a vaga".

No momento, Verstappen se encontra em uma batalha apertada com Hamilton pelo título de 2021, ficando três pontos atrás do rival após a pontuação pela metade com a vitória de Spa.

O piloto da Red Bull chega a seu GP de casa em Zandvoort neste fim de semana em busca de retomar a ponta do Mundial pela primeira vez desde a Hungria.

Esse será o primeiro GP da Holanda desde 1985 após mudanças significativas em Zandvoort, abrindo caminho para o retorno da pista, capitalizando em cima da torcida fervorosa de Verstappen.

"Eles fizeram um trabalho incrível arrumando tudo, primeiro por sediar um GP, mas agora também, olhando o complexo como um todo. Parece muito legal e espero que seja um final de semana divertido".

EXCLUSIVO: Engenheiro BRASILEIRO de RAIKKONEN revela SEGREDOS e diz que é o MAIS LIMPO que já viu

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: GP da Bélgica foi o maior fiasco da história da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Aposentadoria de Raikkonen aquece mercado de pilotos; entenda
Artigo anterior

F1: Aposentadoria de Raikkonen aquece mercado de pilotos; entenda

Próximo artigo

F1 - Verstappen diz que não tem como impedir que fãs vaiem Hamilton no GP da Holanda

F1 - Verstappen diz que não tem como impedir que fãs vaiem Hamilton no GP da Holanda
Carregar comentários