F1: Wolff reporta que Mercedes de 2024 "parece um carro pela primeira vez em dois anos", segundo piloto de simulador da equipe

Após introduzir o 'zeropod' no W13 de 2022 e insistir no conceito com o W14, antes de correção de rota no meio de 2023, time terá um carro 'totalmente novo'

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14

Michael Potts / Motorsport Images

Depois de conseguir somente uma vitória nas últimas duas temporadas da Fórmula 1, a Mercedes optou por um conceito de carro completamente novo para 2024 e tentará se aproximar da dominante Red Bull neste ano, que começou com notícias importantes para as Flechas de Prata: além da renovação com o chefe de equipe, Toto Wolff, os relatórios feitos após testes com o modelo do próximo campeonato no simulador indicam um cenário positivo.

É o que relatou Wolff em entrevista ao jornal britânico Daily Telegraph. De acordo com o dirigente mercedista, o piloto de simulador da Mercedes, Anthony Davidson, reportou coisas boas com relação ao W15, nome do monoposto de 2024 da escuderia anglo-germânica.

O editor recomenda:

Trata-se do primeiro veículo 'assinado' por James Allison em seu retorno à diretoria técnica do time de Lewis Hamilton: o engenheiro se afastou das operações cotidianas da equipe no começo de 2021, sendo substituído por Mike Elliott, mas este renunciou ao cargo em 2023 e Allison voltou.

O fato é que, segundo Wolff, Davidson gostou da experiência 'simulada' com o W15. "Ele estava guiando em Melbourne [no simulador] e disse: 'O carro parece um carro pela primeira vez em dois anos'. Obviamente, adorarei se isso se correlacionar ao que veremos na pista. Porém, nos últimos dois anos esse nem sempre foi o caso", ponderou o comandante das Flechas de Prata na F1 desde 2013.

Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes-AMG

Foto de: Michael Potts / Motorsport Images

Toto Wolff, diretor de equipe e CEO da Mercedes-AMG

Wolff já admitiu várias vezes que o desafio de 'alcançar' a Red Bull é grande, mas ele persevera. "Sempre acredite que é possível. Você não pode começar a temporada com uma atitude de 'isso não vai ser possível'. Vimos no ano passado com a McLaren o enorme passo que eles deram com atualizações. Assinamos um contrato de dois anos com Lewis e devemos a ele, a George [Russell] e a toda a equipe a nossa atenção em 2024 e 2025", afirmou.

"Acho que isso é possível", seguiu o chefe da marca alemã na categoria máxima do automobilismo, tratando da possibilidade de alcançar a Red Bull antes da mudança de regras da elite global do esporte a motor em 2026, quando o Mundial terá uma revolução no regulamento de motores.

Wolff explicou que a Mercedes também está tomando medidas em outras áreas, inclusive nos pit stops, após ver times como Red Bull e McLaren avançarem com seus procedimentos extremamente rápidos, dizendo que as paradas da escuderia teutônica serão "muito diferentes" na F1 2024.

"Acho que os regulamentos... como foram estabelecidos há alguns anos, nós os interpretamos de forma muito conservadora. E vimos outras equipes fazendo isso de forma diferente. Portanto, fiquem atentos, acho que vai ser muito diferente", completou o enigmático Toto.

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e McLAREN

Podcast #264 – O que Gil de Ferran deixa para o automobilismo?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Marko culpa Netflix pela saída de Steiner da Haas
Próximo artigo F1: Ecclestone dá declaração polêmica sobre Steiner após demissão de Gunther da Haas

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil