Grosjean fará novo transplante de pele na mão esquerda

Francês dá ideia do estado de suas mãos, que ainda sente dores no lado esquerdo, mas está aprendendo a conviver com elas

Grosjean fará novo transplante de pele na mão esquerda

Quase 11 meses se passaram desde que Romain Grosjean evitou por pouco sua morte, depois que foi parar no guardrail no GP do Bahrein de Fórmula 1, fazendo com que seu carro fosse envolvido em chamas, em imagens que permanecerão na memória de muitos por um longo tempo.

O francês continua lutando contra as lesões sofridas e, apesar de ter se saído bem, suas mãos continuam marcadas por queimaduras. A mão direita está "100% boa", como ele revelou no podcast In the Fast Lane. "Eu só tenho que colocar protetor solar quando saio ao sol porque é uma pele nova."

Leia também:

A mão esquerda, por outro lado, é muito mais problemática. Por muito tempo, Grosjean teve que usar bandagens e ainda tem marcas muito presentes, as mesmas vistas quando competiu este ano na Indy.

Em novembro, o ex-piloto de Fórmula 1 terá que passar por outro transplante de pele, e outro pode ser necessário em 2022.

 

"Nunca mais será perfeito", diz Grosjean ao falar sobre sua mão esquerda e ao mesmo tempo afirmar que é algo que ele aceitou: "É dolorido, mas você aprende a conviver com isso", acrescentou o agora piloto da Andretti Autosport para 2022 que ainda afirmou que tem dores permanentes na mão, embora não seja muito incômoda.

"Posso brincar com meus filhos, posso dirigir, posso basicamente viver normalmente", disse ele, olhando pelo lado bom. "Há algumas coisas nas quais sou um pouco limitado, mas 95% das vezes funciona bem. Não parece muito bom, mas é a minha cicatriz de batalha."

F1: Saiba SEGREDO da RED BULL em ‘VIRADA’ sobre MERCEDES para título de 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #141 – É o fim da linha para Mercedes e Hamilton após GP dos EUA?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 
compartilhar
comentários
F1: Fangio ganhava primeiro título há 70 anos; saiba mais sobre bastidores de carro 'escondido' na guerra
Artigo anterior

F1: Fangio ganhava primeiro título há 70 anos; saiba mais sobre bastidores de carro 'escondido' na guerra

Próximo artigo

F1: Ferrari já não tem mais desvantagem "significativa" em relação aos motores Mercedes

F1: Ferrari já não tem mais desvantagem "significativa" em relação aos motores Mercedes
Carregar comentários