Fórmula 1
25 set
Treino Classificatório em andamento . . .
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
26 dias
04 dez
Próximo evento em
68 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
75 dias

Haas lamenta ter zerado na Austrália: “decepcionante”

compartilhar
comentários
Haas lamenta ter zerado na Austrália: “decepcionante”
Por:

Chefe de time norte-americano entende que não pode mais perder oportunidades como a tida no último domingo

Romain Grosjean, Haas F1 Team
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17, leads Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR12
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17, leads Marcus Ericsson, Sauber C36, Antonio Giovinazzi, Sauber C36, Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32, Lance Stroll, Williams FW40, and Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17, at the start
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17, leads Felipe Massa, Williams FW40, Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR12, and Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR12, at the start
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Romain Grosjean, Haas F1 Team
Kevin Magnussen, Haas F1 Team
Kevin Magnussen, Haas F1 Team, and Romain Grosjean, Haas F1 Team

Depois de uma classificação excelente de Romain Grosjean, se colocando em sexto e apenas atrás das Mercedes, Ferraris e Max Verstappen, a Haas acabou saindo frustrada da Austrália sem pontos após uma falha mecânica no carro do francês.

Chefe da equipe, Gunther Steiner disse após a corrida que o time não pode mais perder oportunidades como esta.

"Sabemos que o carro é bom, eles (os pilotos) estão otimistas - especialmente Romain, que foi muito positivo. Ele perdeu um lugar para Felipe Massa no início, mas não estava muito preocupado com isso”.

"Ele foi veloz, todo mundo pôde ver que ele conseguiria manter as Toro Rossos facilmente atrás.”

"Quantas oportunidades como esta você recebe no ano? Com ​​um grid tão apertado no meio, é uma oportunidade perdida. É decepcionante, mas poderia ser pior. Poderíamos ser lentos."

Apesar de lamentar, Steiner crê que o time terá mais chances de pontuar neste ano.

"O carro é muito bom, só precisamos sempre acertá-lo da melhor maneira", disse ele.

"Acho que o carro está onde mostrou na Austrália. Você pode estragar um fim de semana com um acerto, mas, em geral, o carro está lá. Temos um bom plano de atualização, então me sinto positivo.”

"Estou chateado com a oportunidade perdida, poderíamos terminar em sétimo ou sexto. Só tínhamos que chegar ao fim sem problemas."

Mais consistência em 2017

Dos 29 pontos que a Haas marcou em sua temporada de estreia no ano passado, 22 vieram nas primeiras quatro corridas. Para 2017, Steiner diz que o alvo da equipe deve ser a consistência.

"Acho que é muito mais fácil encontrar confiabilidade do que velocidade", disse ele. "Parece que temos a velocidade, precisamos encontrá-la em todos os lugares, em cada pista, mas precisamos ser mais consistentes do que no ano passado. Acho que podemos fazer isso este ano.”

"Precisamos ser confiáveis, porque você pode ter o carro mais rápido, mas se quebrar, você não consegue os pontos. Vamos tentar duro em Xangai."

O GP da China, próxima prova de 2017, foi a única corrida dos primeiros quatro GPs de 2016, onde a Haas não conseguiu marcar nenhum ponto.

Perguntado se estava confiante de evitar um mau fim de semana desta vez, Steiner disse que sim.

"Eu acho que aprendemos muito, e a China foi um dos nossos baixos no ano passado, então espero que a gente não repita, mas você nunca sabe. Não é fácil".

Mick Schumacher: “Meu pai é meu ídolo e modelo a seguir”

Artigo anterior

Mick Schumacher: “Meu pai é meu ídolo e modelo a seguir”

Próximo artigo

Postagem resgata história oculta entre famílias Piquet/Senna

Postagem resgata história oculta entre famílias Piquet/Senna
Carregar comentários