Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Hamilton: Ferrari não está extraindo seu potencial completo

compartilhar
comentários
Hamilton: Ferrari não está extraindo seu potencial completo
Por:
16 de abr de 2019 11:30

Após ver vantagem de 0s4 nas retas em Xangai, piloto britânico crê que time italiano esteja com problemas para acertar corretamente seu carro

Lewis Hamilton acredita que a Ferrari não conseguiu "extrair todo o seu potencial" nas corridas de abertura da temporada de 2019.

Hamilton e seu companheiro de equipe Valtteri Bottas foram mais rápidos que os carros de Maranello durante quase todo o final de semana na China, quando a Mercedes se tornou a primeira equipe a começar o ano com três a dobradinhas desde a Williams em 1992.

Leia também:

O campeão mundial sublinhou que, enquanto Charles Leclerc foi o vencedor moral no Bahrein, a Mercedes esteve logo atrás para aproveitar os problemas de sua unidade de potência.

"Eu acho que com o que temos, estamos operando em todo o seu potencial", disse ele. “Mas haverá mais melhorias de desempenho no futuro, daremos passos adiante”.

"Eu acho que na última corrida no Bahrein você não pode dizer que foi necessariamente no mérito total, porque não fomos rápido o suficiente para vencer a corrida realmente.”

“Mas as coisas aconteceram ao longo do caminho e tive que me colocar em posição de obter a vitória, então fizemos isso. Mas eu particularmente acho que a primeira corrida, na Austrália, e agora na China, tivemos mérito.”

“Eu acho que os outros têm um bom carro. As Ferraris não estão extraindo. Não parece que eles estão extraindo todo o seu potencial no fim de semana, e então eles não parecem tão bem quanto no ano passado.”

"Sabemos que temos a Ferrari em nossos calcanhares e sabemos que as Red Bulls estão por aí, mas, novamente, eles não estão entregando seu potencial. Será interessante ver como vão as próximas corridas.”

Hamilton insistiu desde os testes que a Mercedes realmente acredita que a Ferrari tem a vantagem após o teste, e que o desempenho ruim do time italiano na Austrália foi uma surpresa.

“Nós definitivamente passamos por testes, sabíamos que estaríamos muito próximos, colocamos o carro em uma janela, mas achávamos que eles tinham a vantagem.”

"Eu não tenho certeza se eles realmente conseguiram um bom fim de semana sólido ainda. Parecia que seria um final de semana sólido para eles no Bahrein. Neste fim de semana eles estiveram em altos e baixos.”

"Eu não tenho certeza de onde eles estão perdendo, mas eles estão ganhando algo como 0s4 na reta, mas perdendo nas curvas. Então será interessante ver a estratégia nas próximas corridas. Mas ainda há muitas corridas onde o carro deles talvez ofusque o nosso.”

"Eles ainda têm um carro mais curto que o nosso, então pode funcionar melhor em outros lugares. Mas é um pouco cedo para dizer.”

"Mas, definitivamente, com três dobradinhas acho que estamos entregando um pouco além do nosso verdadeiro potencial, mas ainda há mais por vir."

Próximo artigo
Coluna do Vicente Sfeir: como medir o retorno dos investimentos no automobilismo

Artigo anterior

Coluna do Vicente Sfeir: como medir o retorno dos investimentos no automobilismo

Próximo artigo

Mercedes e Ferrari pegam ‘contramão’ em seleção de pneus para Baku

Mercedes e Ferrari pegam ‘contramão’ em seleção de pneus para Baku
Carregar comentários