Hamilton será piloto da Ferrari em 2025, confirma membro da Mercedes

Em reunião com funcionários das Flechas de Prata, o chefe Toto Wolff informou que foi comunicado por Lewis que o heptacampeão guiará pela Scuderia em 2025

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG

Jake Grant / Motorsport Images

A Fórmula 1 terá uma das maiores transferências de sua história: após rumores vindos de várias fontes e veículos jornalísticos, o Motorsport.com Brasil pode confirmar que o britânico Lewis Hamilton deixará a Mercedes no final de 2024 e será piloto da Ferrari a partir da temporada 2025.

A informação foi repassada aos membros da Mercedes em reunião extraordinária nesta quinta-feira, quando o chefe das Flechas de Prata, Toto Wolff, confirmou que foi informado por Hamilton que o heptacampeão mundial tem contrato com o time de Maranello para o próximo campeonato.

Leia também:

Uma fonte relatou à reportagem do Motorsport.com Brasil que Wolff deu a notícia aos funcionários através de uma videochamada online porque Toto está em Milão, mas o austríaco afirmou que de fato o veterano de 39 anos deixará a equipe anglo-germânica no fim deste ano.

Segundo o dirigente da Áustria, Hamilton o comunicou da notícia na manhã de quarta-feira, quando também conversou com o CEO das Flechas de Prata sobre sua última temporada com a marca alemã.

O namoro entre Lewis e a Scuderia era antigo, mas desta vez nem o contrato firmado entre Hamilton e Mercedes no ano passado foi obstáculo para o competidor inglês se juntar ao time italiano.

Watch: HAMILTON NA FERRARI: Rico Penteado e Felipe Motta analisam 'BOMBA' e projetam Lewis na Scuderia

O vínculo entre o inglês e o esquadrão de Brackley foi anunciado com duração até o fim de 2025, mas, na verdade, o documento pressupunha um acordo de '1 + 1', ou seja, a permanência 'obrigatória' é até o fim de 2024, com uma opção até o fim de 2025, que Hamilton não exercerá.

Com isso, o espanhol Carlos Sainz deixará a Ferrari no final de 2024, quando terá completado quatro temporadas ao lado do monegasco Charles Leclerc, que recentemente renovou com a Scuderia.

A saída de Hamilton coloca fim em uma história de grande sucesso nas Flechas de Prata. Desde o início da era híbrida da F1, a partir de 2014, seis dos sete títulos do piloto foram sob o comando de Wolff.

Além disso, pela primeira vez em sua carreira na maior categoria do automobilismo mundial, o britânico competirá com um motor que não Mercedes, já que, em seu período na McLaren, o conjunto motriz do piloto também era dos alemães. Anúncio oficial relativo à saída de Hamilton da Mercedes e à ida do heptacampeão mundial para a Ferrari é esperado por volta das 16h, horário de Brasília.

Reportagem adicional de Erick Gabriel

As CONSEQUÊNCIAS do 'fico' de Norris: RED BULL vai atrás de QUEM agora que Lando ficará na McLaren?

Podcast #267 - Par ou ímpar: Renovados, quem você escolheria entre Norris e Leclerc?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Repórter da F1 prevê "grande história" se promessa substituir Hamilton na Mercedes
Próximo artigo F1 - De malas prontas para Ferrari, veja números de Hamilton na Mercedes

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil