Fórmula 1
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
8 dias

Irvine detona Vettel: “é superestimado"

compartilhar
comentários
Irvine detona Vettel: “é superestimado"
Por:
23 de jan de 2019 18:24

Ex-piloto da Ferrari diz que alemão é supervalorizado e que não tem consegue competir como Lewis Hamilton

Eddie Irvine correu pela Ferrari de 1996 a 1999 e venceu todas as suas quatro corridas na última temporada com a escuderia, além de assumir o papel de protagonista depois que Michael Schumacher sofreu uma fratura na perna.

Apesar de afirmar que não assiste a F1 mais porque fica entediado, Irvine - que deixou a F1 no final da temporada de 2002, depois de três anos com a Jaguar - questionou as credenciais do pentacampeão mundial Lewis Hamilton por causa da competição "discutível" do britânico.

Irvine, vice-campeão de 1999, disse que Hamilton está "em uma liga diferente" de seus rivais, mas que não está nem perto da de Schumacher.

Falando à BBC da Irlanda do Norte, Irvine disse: "Eu acho que Vettel é bom se ele está na frente e se ele não tiver ninguém para competir.”

"Quando você assiste à corrida de Lewis, ele está concentrado em competir e seguir em frente.”

"Você assiste Vettel, e quando Vettel está correndo contra alguém, ele está focado tanto no outro cara quanto em onde está indo e inevitavelmente bate no outro cara.”

"Isso acontece quase o tempo todo. Eu acho que Vettel é um bom piloto, mas um tetracampeão mundial, eu simplesmente não vejo essas qualidades.”

"Acho que ele é extremamente superestimado, eu acho que ele é um ‘one-trick pony’ (expressão que indica que a pessoa é boa em uma só área). Lewis tem um talento muito mais amplo."

Irvine disse que Hamilton ultrapassa melhor que Schumacher, mas está longe, em comparação com o heptacampeão mundial ou Ayrton Senna.

"Se você der uma olhada nos dois anos em que Lewis e Jenson Button estiveram juntos na McLaren, Button na verdade o superou por dois anos", disse Irvine. "Ninguém nunca fez isso com Michael.”

"O nível de desempenho de Michael foi consistentemente maior, apesar de Lewis ser um piloto incrivelmente talentoso.”

"Quando Lewis veio pela primeira vez para a Fórmula 1, ele foi fantástico e sua ultrapassagem era inigualável. Ele provavelmente ultrapassa melhor que Michael.”

"Mas por ritmo e consistência ao longo de um fim de semana inteiro, durante um ano inteiro, não acho que alguém chegue em Michael, até mesmo Senna."

Analisando porque ele acha a F1 moderna "incrivelmente chata", Irvine disse que era "sintética", "não crua" e "perfeita demais".

Ele acrescentou: "Quando você cometer um erro, você não paga um preço.”

"Só ficou mais segura, o que é uma coisa boa, mas acabou indo longe demais. E eu acho que acabamos com algo um pouco piegas e não tão interessante."

Eddie Irvine

Eddie Irvine

Próximo artigo
Verstappen: “Nunca está claro se um piloto está pronto para ser campeão”

Artigo anterior

Verstappen: “Nunca está claro se um piloto está pronto para ser campeão”

Próximo artigo

Ricciardo diz estar mentalmente preparado para ver Red Bull campeã em 2019

Ricciardo diz estar mentalmente preparado para ver Red Bull campeã em 2019
Carregar comentários