Fórmula 1
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
73 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
87 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
94 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
150 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
157 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
171 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
178 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
192 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
206 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
213 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
241 dias

Marko diz que Leclerc é o maior talento sem contrato da Red Bull

compartilhar
comentários
Marko diz que Leclerc é o maior talento sem contrato da Red Bull
Por:
Co-autor: Christian Nimmervoll
2 de fev de 2020 13:04

Piloto da Ferrari é o maior talento nos monopostos que não assinou pela Red Bull, de acordo com Helmut Marko, consultor da gigante de bebidas energéticas

Charles Leclerc entrará em sua terceira temporada na F1 em 2020, tendo conquistado duas vitórias e sete poles em sua primeira campanha como piloto da Ferrari no ano passado.

Ele permaneceu sem contrato de um programa júnior de uma equipe da F1 nos primeiros anos de sua carreira, até 2016, antes dos títulos na GP3 e F2, depois de ingressar na Academia da Ferrari.

Leia também:

O consultor da Red Bull, Helmut Marko, está feliz com o momento atual em que o programa da equipe passa e se orgulha de ter um “talento extraordinário” como Max Verstappen.

Mas, quando perguntado quem é o principal talento de monopostos que ainda não assinou um acordo com a Red Bull, Marko disse ao Motorsport.com: “Leclerc. Está bem claro, Leclerc."

A Red Bull enfrentou uma escassez de talentos na F1 para ocupar seus quatro lugares nas corridas nas últimas temporadas, o que levou a ir atrás de Brendon Hartley, Daniil Kvyat e Alexander Albon.

Marko, no entanto, ainda está convencido de que o programa da Red Bull é o preferido para os principais jovens com potencial.

Questionado sobre quem era o piloto jovem mais talentoso que não fosse da Red Bull, Marko disse: “Eu diria, sem nenhuma arrogância, que se os meninos tiverem uma escolha, tentarão a Red Bull primeiro.”

“Mas temos nossos princípios e não nos afastamos deles. Nesta década, o que experimentamos - todos agora têm um advogado que eles trazem. Alguns querem mais uma vírgula no contrato, isto e aquilo.”

“Nós dizemos: ‘nós temos nosso sistema, ele funciona. Não estamos preparados para fazer concessões, e esses são contratos justos’.”

“E nas categorias juniores, estamos nos afastando do recrutamento no kart. Isso é muito difícil. No kart, você tem pneus, motores, chassi, que estão sempre mudando, mas que têm um impacto muito grande no desempenho. E estamos lidando com crianças de 12 e 13 anos.”

“Há exemplos. Tivemos o Oli Oakes, que foi campeão mundial de kart e não conseguiu nada em carros de fórmula. Ele agora está na Hitech, [equipe de monopostos], com a qual trabalhamos bem juntos.”

Relembre a carreira meteórica de Charles Leclerc

Galeria
Lista

Primórdios da carreira: kart

Primórdios da carreira: kart
1/15

Foto de: CIK/KSP

Leclerc foi campeão no Mundial CIK-FIA KF3 em 2011, divisão júnior da categoria. Mais tarde, ele foi vice-campeão no CIK-FIA World KZ, perdendo o título para ninguém menos que Max Verstappen.

Forte amizade com Bianchi

Forte amizade com Bianchi
2/15

Jules Bianchi e Charles Leclerc eram amigos desde a infância. O monegasco viu o amigo sofrer um acidente no GP do Japão de 2014 que resultou na morte do francês. Um duro golpe para o jovem piloto.

2014 - Fórmula Renault 2.0

2014 - Fórmula Renault 2.0
3/15

Foto de: DPPI

Naquela temporada o monegasco disputou a 2.0 Alpes, onde foi vice campeão, e ainda fez algumas provas na Eurocup 2.0. Correu pela Fortec em ambas.

2015 - Fórmula 3 Europa e GP de Macau

2015 - Fórmula 3 Europa e GP de Macau
4/15

Foto de: Jun Qian

Charles Leclerc foi quarto colocado no campeonado e vice-campeão na importante corrida realizada anualmente na Ásia. Neste ano ele pilotou pela Van Amersfoort.

2015 - Fórmula 3 Europa e GP de Macau

2015 - Fórmula 3 Europa e GP de Macau
5/15

Foto de: FIA F3 / Suer

Leclerc foi o melhor entre os pilotos que ficaram atrás das 'gigantes da base', Prema e Carlin. O campeonato foi vencido por Felix Rosenqvist e Antonio Giovinazzi foi o vice.

2016 - Campeão da GP3

2016 - Campeão da GP3
6/15

Foto de: GP3 Series Media Service

O monegasco disputou seu primeiro campeonato por uma das equipes dominantes das categorias inferiores, faturando o título depois de bater o rival Alexander Albon no campeonato.

2017 - Título na Fórmula 2

2017 - Título na Fórmula 2
7/15

Foto de: FIA Formula 2

Pilotando pela Prema, já de olho na F1, Leclerc venceu o campeonato da F2 com sete vitórias e oito poles em 22 corridas. Naquele ano, Leclerc sofreu outro duro golpe da vida, a perda do pai, que faleceu pouco antes da conquista do título.

2017 - Título na Fórmula 2

2017 - Título na Fórmula 2
8/15

Foto de: GP3 Series Media Service

Ao fim da temporada, Leclerc foi procurado pela Sauber, que já estava sob influência da Ferrari/ Alfa Romeo, que apoiavam a carreira do piloto.

2018 - Destaques na Sauber

2018 - Destaques na Sauber
9/15

Foto de: Sutton Motorsport Images

Leclerc sofreu para se encontrar logo no início da temporada de estreia na F1, mas no GP de Baku, no Azerbaijão, o piloto se encontrou e alcançou um sexto lugar, dando início a uma temporada de destaque.

2018 - Destaques na Sauber

2018 - Destaques na Sauber
10/15

Foto de: Lionel Ng / Motorsport Images

Depois de pontuar dez vezes no ano, Leclerc terminou o ano com 39 pontos, contra 9 de Marcus Ericsson, o que lhe garantiu uma oferta para dar um salto na carreira ao assinar com a Ferrari.

2019 - Início de uma era na Ferrari

2019 - Início de uma era na Ferrari
11/15

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

Logo em sua segunda corrida pela equipe italiana, no Bahrein, o jovem Leclerc mostrou a que veio, conquistando a pole e liderando boa parte da corrida. Nas últimas voltas, uma falha no motor da Ferrari fez o monegasco cair para a terceira posição, seu primeiro pódio.

2019 - Primeira vitória em um fim de semana infeliz

2019 - Primeira vitória em um fim de semana infeliz
12/15

Foto de: Erik Junius

Leclerc dominou o companheiro, Sebastian Vettel, e os demais rivais para faturar a primeira vitória de sua carreira. No entanto, o acidente fatal de Anthoine Hubert na F2 no dia anteior à corrida, acabou trazendo um clima pesado ao fim de semana.

2019 - Primeira vitória em um fim de semana infeliz

2019 - Primeira vitória em um fim de semana infeliz
13/15

Foto de: Joe Portlock / Motorsport Images

Leclerc, que era próximo de Hubert, dedicou a vitória ao amigo.

2019 - Consagração em frente aos Tifosi

2019 - Consagração em frente aos Tifosi
14/15

Foto de: Joe Portlock / Motorsport Images

Em Monza, Leclerc conquistou o maior feito de sua carreira até aqui. Fez a pole, segurou os ataques do pentacampeão Lewis Hamilton ao longo da corrida e venceu em frente a legião de fãs da Ferrari.

2019 - Consagração em frente aos Tifosi

2019 - Consagração em frente aos Tifosi
15/15

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

A vitória na Itália, casa da Ferrari, elevou Leclerc ao patamar de ídolo para os fãs da marca e entusiastas da Fórmula 1.

Próximo artigo
Racing Point quer voltar a ser a ‘melhor do resto’ em 2020

Artigo anterior

Racing Point quer voltar a ser a ‘melhor do resto’ em 2020

Próximo artigo

Sirotkin: Ausência da F1 está mais dolorosa agora do que antes

Sirotkin: Ausência da F1 está mais dolorosa agora do que antes
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Charles Leclerc
Equipes Red Bull Racing Compre Agora
Autor Valentin Khorounzhiy