Mau tempo em Xangai cancela segundo treino do GP da China

Neblina impedia que helicóptero pousasse em hospital no centro da cidade, o que fez com que pista não fosse liberada para atividades durante a tarde

Mau tempo em Xangai cancela segundo treino do GP da China
Valtteri Bottas, Mercedes AMG
Esteban Ocon, Force India
Sergio Perez, Force India
Lance Stroll, Williams, talks to colleagus in the garage
Felipe Massa, Williams FW40, Rob Smedley, Head of Vehicle Performance, Williams
Felipe Massa, Williams
FP1 session suspended
Williams FW40 front wheel detail

O segundo treino livre de sexta-feira para o GP da China, a segunda prova da temporada de 2017 da F1, foi cancelado devido ao mau tempo em Xangai.

A pista, que já havia tido suas ações comprometidas no primeiro treino do dia, sequer foi liberada para as atividades à tarde. O problema desta vez não era no autódromo, que não apresentava chuva, e sim no centro de Xangai: não havia condições climáticas boas o bastante para que o helicóptero médico operasse até hospital credenciado para a corrida.

“A situação no momento é que o helicóptero não consegue pousar no hospital, que fica a 38 km do circuito. Os helicópteros conseguem voar pela pista, mas não conseguem pousar no hospital do centro”, explicou Charlie Whiting, diretor de provas da F1, durante a transmissão oficial do treino pela televisão.

O que também agravou a situação é o fato de que a ambulância terrestre não seria capaz de transportar algum ferido ao hospital em até 20 minutos, tempo estabelecido pelos protocolos da FIA.

Assim, o início da sessão foi adiado repetidamente até o anúncio definitivo de que as atividades não seriam realizadas, o que aconteceu aproximadamente às 4h15 (horário de Brasília).

Durante a bandeira vermelha, as equipes encontravam formas de se entreter. Lewis Hamilton foi perto das arquibancadas para filmar vídeos com os torcedores, além de distribuir bonés da Mercedes. Já Sebastian Vettel, vencedor em Melbourne, brincava com a grafia de seu nome em uma bandeira dos fãs, enquanto que Gunther Steiner, chefe da Haas, divertia os mecânicos de sua equipe.

Agora, os pilotos terão de esperar até o terceiro treino livre para ter a chance de andar no circuito. A sessão acontece à 1h (horário de Brasília) de sábado, com a classificação realizada às 4h.

compartilhar
comentários
Verstappen lidera TL1 abreviado por mau tempo; Massa é 2º

Artigo anterior

Verstappen lidera TL1 abreviado por mau tempo; Massa é 2º

Próximo artigo

GP da Malásia deixa calendário da F1 em 2018; Alemanha volta

GP da Malásia deixa calendário da F1 em 2018; Alemanha volta
Carregar comentários