Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
58 dias
06 mai
Próximo evento em
100 dias
20 mai
Próximo evento em
114 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
128 dias
10 jun
Próximo evento em
135 dias
24 jun
Próximo evento em
149 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
156 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
170 dias
29 jul
Próximo evento em
184 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
212 dias
02 set
Próximo evento em
219 dias
09 set
Próximo evento em
226 dias
23 set
Próximo evento em
240 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
247 dias
07 out
Próximo evento em
254 dias
21 out
Próximo evento em
268 dias
28 out
Próximo evento em
275 dias
05 nov
Próximo evento em
283 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
296 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
311 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
320 dias

McLaren não vai "esconder informações" de Sainz em 2020, apesar de saída do piloto

compartilhar
comentários
McLaren não vai "esconder informações" de Sainz em 2020, apesar de saída do piloto
Por:
, Editor

Para a McLaren, o relacionamento com Sainz não mudará em 2020 apesar de sua ida para a Ferrari

Carlos Sainz está de saída da McLaren no final do ano com destino à Ferrari, para substituir o tetracampeão Sebastian Vettel. Mas a situação do espanhol não irá mudar a dinâmica de relacionamento dentro da equipe, segundo a própria McLaren.

Quando acontecem situações do tipo, é muito comum que as equipes comecem a esconder algumas coisas do piloto que está de saída, para evitar que possíveis inovações sejam replicadas pelas rivais. Mas, aparentemente, essa não será a situação da McLaren em 2020.

Leia também:

Um dos motivos para essa relação "aberta" com Sainz é que os carros de 2020 serão mantidos para 2021, com apenas pequenas modificações, como forma de reduzir gastos devido à pandemia. Por isso, segundo o CEO da McLaren Zak Brown, não há a necessidade de ter tantos segredos com o piloto.

"Vamos correr juntos em 2020 e queremos ter muito sucesso juntos nesse ano", disse Brown à Sky Sports F1. "Ele é profissional e nós também. Acho que, se você começar a esconder informações, não terá um bom ano juntos. Então vamos focar em 2020, maximizando, e acho que esconder não é algo produtivo".

"Nosso carro de 2021 será parecido com o de 2020. Talvez se 2021 fosse um novo carro, aí sim haveria uma situação desconfortável de dividir informações. Mas o carro será basicamente o desse ano. Então não estou preocupado com a integridade de Carlos. Seremos um livro aberto".

Sainz, que terá a companhia de Charles Leclerc na Ferrari em 2021, encerrará nesse ano uma parceria bem sucedida e harmoniosa com Lando Norris na McLaren. Mas Brown não acredita que há motivos para se preocupar com a possibilidade da mudança de Sainz impactar o clima da McLaren em 2020, mas acredita que a Ferrari não terá a mesma sorte.

"Felizmente, temos um relacionamento excelente com Carlos. Nós fomos muito transparentes um com o outro durante a pré-temporada. Ele é um profissional, fez um ótimo trabalho para nós e sua família é muito próxima de nós".

"Diferente de outras saídas. Acho que a garagem da Ferrari com Vettel e Leclerc será bem animadora nesse ano. Algumas vezes pelas razões corretas, mas outras pelas razões erradas".

"Temos muita harmonia em nossa garagem, e eu acho que Carlos e Lando são muito competitivos entre si, mas tem há muito respeito entre eles. Tenho muito orgulho do modo como lidamos com isso. Acho que nós tornamos uma equipe que os pilotos gostam de correr. Criamos um ambiente que os pilotos gostariam de vir e andar com a McLaren".

Veja como os novos gráficos da F1 vão agitar os GPs e colocar Senna e Piquet x Verstappen e Hamilton

PODCAST: As notas atribuídas aos pilotos no game F1 2020 são malucas?

 

F1 lança fundação visando maior diversidade no esporte; Carey faz doação de R$5 mi

Artigo anterior

F1 lança fundação visando maior diversidade no esporte; Carey faz doação de R$5 mi

Próximo artigo

Ricciardo: F1 teria temporada "legítima" com pelo menos 10 provas

Ricciardo: F1 teria temporada "legítima" com pelo menos 10 provas
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Carlos Sainz Jr.
Equipes Scuderia Ferrari
Autor Luke Smith