Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
31 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
59 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
87 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
94 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
108 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
115 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
129 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
143 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
150 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
164 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
178 dias

Mick Schumacher terá mesmo empresário de Massa e Leclerc

compartilhar
comentários
Mick Schumacher terá mesmo empresário de Massa e Leclerc
Por:
Co-autor: Roberto Chinchero
21 de jan de 2019 14:51

Recém-confirmado como piloto do programa de jovens pilotos da Ferrari, alemão deve ter carreira guiada por empresa de gerenciamento de Nicolas Todt nesta temporada

Mick Schumacher, filho do heptacampeão mundial de F1, Michael Schumacher, subiu para a Fórmula 2 em 2019 com a Prema Racing. O campeão da F3 Europeia de 2018 também foi confirmado como parte da Ferrari Driver Academy no último final de semana.

Foi apurado agora que Mick irá se juntar a All Road Management, a empresa fundada por Nicolas Todt, cujo pai, Jean, foi chefe da Ferrari quando Michael Schumacher estava na equipe de Maranello.

A All Road Management tem o piloto da Ferrari de 2019, Charles Leclerc, que trabalha com Todt desde o kart e venceu o título da F2 com o Prema, em 2017. Felipe Massa também teve a carreira gerenciada por pelo filho do presidente da FIA.

Todt também tem uma experiência como dono de equipe com sucesso, tendo ajudado a formar a ART com Frederic Vasseur antes de vender sua participação a outros acionistas no final do ano passado.

Trabalhar com Todt, que sempre esteve perto de Schumacher, acrescentaria mais estrutura ao piloto de 19 anos, já que ele planeja chegar à F1.

Isso poderia aumentar suas chances de negociar sua estreia em testes na F1 em 2019 também.

O novo papel de Schumacher na academia da Ferrari poderia facilitar um envolvimento com a própria equipe ou com um de seus clientes, Haas e Sauber - algo que o próprio Leclerc conseguiu de maneira bem-sucedida.

No último fim de semana, enquanto competia na Race of Champions no México, Schumacher disse ao Motorsport.com: "Estou muito orgulhoso de poder trabalhar com a Ferrari, uma equipe muito grande e com grande história, especialmente combinada com meu pai. Nossos corações são muito vermelhos.”

Próximo artigo
Por que as equipes poderão ter carros mais longos em 2019

Artigo anterior

Por que as equipes poderão ter carros mais longos em 2019

Próximo artigo

F1 terá chance de se restabelecer em 2021, diz ex-piloto

F1 terá chance de se restabelecer em 2021, diz ex-piloto
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Mick Schumacher
Equipes Ferrari Compre Agora
Autor Scott Mitchell