Novo presidente da FIA pode punir Hamilton por ausência a cerimônia de premiação

Segundo Mohammed Ben Sulayem, regras são feitas para ser cumpridas, mas analisará caso com mais calma nos próximos dias

Novo presidente da FIA pode punir Hamilton por ausência a cerimônia de premiação
Carregar reprodutor de áudio

O novo presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, disse que Lewis Hamilton "não terá perdão" se for descoberto que ele violou as regras da Fórmula 1 ao se ausentar do evento de gala anual de entrega de prêmios. Na esteira da polêmica sobre o safety car no GP de Abu Dhabi, o britânico e seu chefe, Toto Wolff, preferiram perder o encontro de final de temporada em Paris na última quinta-feira (16).

A ausência do heptacampeão, como vice do campeonato de pilotos, parece ser uma violação dos regulamentos esportivos da categoria.

Leia também:

O Artigo 6.6 das regras afirma: "Os que terminarem em primeiro, segundo e terceiro lugar na classificação devem estar presentes na cerimônia anual de entrega de prêmios da FIA." Uma das primeiras responsabilidades de Sulayem desde que assumiu será julgar se a falta de Hamilton vai ou não contra as determinações.

Falando sobre a situação em sua primeira coletiva de imprensa oficial na presidência, Sulayem disse: "No final das contas, regras são regras".

"Então, vamos examinar o lado de onde os regulamentos técnicos existem para serem empregados e se ele violou. Claro, também teremos de seguir os nossos, mas por enquanto, isso não nos impede de fazer um campeão se sentir bem com o esporte."

"É fácil e barato ser legal com as pessoas, e também para motivá-las, mas definitivamente, se houver qualquer violação, não haverá perdão."

Mohammed bin Sulayem on the grid

Mohammed bin Sulayem on the grid

Photo by: Sam Bloxham

Sulayem disse que o ponto crítico para a FIA entender é se Hamilton infringiu ou não os regulamentos, já que admitiu que o campeão mundial foi "quebrado" pelos acontecimentos do fim de semana.

Questionado para esclarecer se ele realmente poderia descartar qualquer "perdão", Sulayem disse: "Está sempre lá, mas regras são regras. Olhamos para elas."

"Eu sempre digo: regulamentos não surgem do nada, um humano os fez... e eles podem ser melhorados e alterados por humanos. Então, estão aí para isso."

"Eu sei que Lewis está muito triste com o que aconteceu e uma palavra que eu diria é que ele está quebrado, mas temos que olhar se houve alguma violação. Não posso [dizer por agora]. Faz apenas algumas horas que sou presidente e comecei a dar respostas sem voltar aos fatos."

Se Hamilton for considerado culpado, ele poderá enfrentar uma penalidade financeira por sua ausência, em vez de qualquer sanção esportiva.

Final MANIPULADA? Giaffone OPINA sobre POLÊMICA de Abu Dhabi e analisa CONFUSÕES de MASI na F1 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #152: Qual tamanho do título de Verstappen após derrotar Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Verstappen diz que poderia ter conquistado título muito antes e pede calma com Masi: "É um cara legal"
Artigo anterior

F1 - Verstappen diz que poderia ter conquistado título muito antes e pede calma com Masi: "É um cara legal"

Próximo artigo

F1: Novo presidente da FIA mira mudanças para evitar repetição de Abu Dhabi

F1: Novo presidente da FIA mira mudanças para evitar repetição de Abu Dhabi
Carregar comentários