O'Ward se sente mais perto do que nunca de vaga na F1

Protegido da McLaren agora tem alguma experiência ao volante de monopostos de F1. Ele se sente mais perto do que nunca de um lugar na elite

Pato O'Ward, McLaren

Pato O'Ward, McLaren

Steven Tee / Motorsport Images

Aos 24 anos, Patricio O'Ward está aproveitando sua carreira na McLaren na Indy. O mexicano corre pela Arrow McLaren SP desde 2020 com algum sucesso, tendo ficado três vezes entre os cinco primeiros do campeonato e conquistado nada menos que 20 pódios, incluindo quatro vitórias em 64 corridas. Esses resultados permitiram que ele fosse elegível para a superlicença da Fórmula 1.

Leia também:

Ao mesmo tempo, em um contexto em que a relação entre a McLaren e Alex Palou azedou, O'Ward está estabelecendo laços cada vez mais estreitos com a parte de F1 da marca. Ele realizou seus primeiros testes no final de 2021 e seu programa está se intensificando. Mais recentemente, participou no TL1 do GP de Abu Dhabi e depois nos testes de final de temporada na mesma pista, onde se destacou ao rodar 0s269 atrás do melhor tempo estabelecido por Esteban Ocon.

“Do início ao fim do dia, a minha aprendizagem foi enorme de uma curva para a outra ”, relatou o piloto. "Acho que estou relativamente perto [do limite]. Acho que ainda falta um pouco, mas cheguei a um nível muito bom, em que senti que tinha o controle do carro.

“Quanto ao meu pescoço, lidei com isso como um campeão, estou muito orgulhoso. Você não tem ideia de quanto trabalho eu fiz no meu pescoço nos últimos dois anos. Eu coloquei isso à prova dia após dia para lidar com o que esses carros são capazes de fazer."

Então, quando questionado se ele se sente mais próximo do que nunca de uma vaga na F1, O'Ward respondeu: "Com certeza. Cada vez que você guia no TL1 ou em testes privados, isso significa mais tempo no carro. E isso mostra que alguém acredita em você e está dando-lhe esta oportunidade para que você esteja pronto se essa porta finalmente se abrir."

Pato O'Ward, McLaren

Pato O'Ward (McLaren)

“Estou totalmente focado no que tenho que fazer na Indy, porque quero dar à McLaren a vitória na Indy 500, quero ser o único a dar isso a eles, porque estou com eles há quatro anos. E então seria um verdadeiro conto de fadas aceitar o desafio da F1 e estar na vanguarda, e não apenas vir aqui para me divertir."

No entanto, poucos pilotos conseguiram fazer carreira na F1 desde os campeonatos americanos de monopostos, com os notáveis ​​exemplos de Jacques Villeneuve e Juan Pablo Montoya vindo à mente. O'Ward está bem ciente de que estes são dois mundos diferentes.

“Leva tempo para se adaptar à diferente forma de trabalhar e à diferente atmosfera em um paddock de F1”, disse ele ao site Racer. “A atmosfera em um paddock de F1 é realmente mais voltada para os negócios e, atualmente, é na Indy que me sinto em casa. Quando venho para um fim de semana de F1, às vezes me sinto como um estranho.”

O fato de as oportunidades na F1 estarem aumentando para O'Ward é, de qualquer forma, uma fonte de motivação para ele: "É mais uma oportunidade do que um presente, porque oportunidades você tem que aproveitar; presentes que você simplesmente aprecia. Por mais divertido que seja guiar um carro de F1, trabalhei muito e ainda vou ter um muito trabalho a fazer para estar no nível que preciso alcançar em uma atmosfera tão diferente daquela a que estou acostumado."

“Isso não vai acontecer da noite para o dia. Para ter a mesma sensação que tenho atualmente na Indy, que é uma segunda casa para mim, ainda tenho muito o que aprender", concluiu.

Colaborou Filip Cleeren

Pato O’Ward, McLaren MCL60

Pato O'Ward (McLaren)

 

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e MCLAREN

Podcast #262 – No que a série sobre a Brawn GP acertou e errou?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Márquez se vê com a mesma “mentalidade assassina” de Verstappen
Próximo artigo Conheça os maiores salários de pilotos da história da F1

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil