Para Hamilton, pneus e calor tornam difícil chegar ao top 10

Lewis Hamilton acredita que será complicado chegar ao top 10 com a junção do desgaste dos pneus e o calor em Spa: "espero estar errado"

Para Hamilton, pneus e calor tornam difícil chegar ao top 10
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 Team
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Carregar reprodutor de áudio

Atual campeão e líder da temporada, Lewis Hamilton diz que o GP da Bélgica será muito mais difícil do que o da China, onde ele largou na parte de trás do pelotão e acabou em sétimo. Para ele, a pressão dos pneus ordenada pela Pirelli torna complicado fazer os pneus durarem um stint.  

"É completamente diferente da China. Lá, nós não havíamos tido falhas (com os pneus) no ano anterior, então eles (Pirelli) não colocaram a pressão em um valor ridículo", disse ele.  

"Mas este é o caso aqui. Eles tiveram falhas no ano passado, estão nervosos com as falhas deste ano, então puseram a pressão entre 23 e 24, o que é muito alto. Nunca vi pressão assim em toda a minha carreira como piloto. Isso não ajuda". 

"Para piorar, está quente, e com a pressão assim acabamos tendo bolhas nos pneus. Na China os pneus duraram mais, estava mais frio, e eles se comportaram de forma normal". 

"Aqui não há muito o que se possa fazer para evitar que os pneus superaqueçam e tenham bolhas. Amanhã isso será interessante. Certamente será uma corrida muito mais difícil do que foi na China".

Outro problema para Hamilton será guiar no meio do tráfego. 

"Será uma corrida muito, muito difícil. Se eu pudesse escolher uma pista para começar em último, esta aqui não estaria entre as minhas top 3 em termos de ultrapassagens". 

"Ainda que você consiga um bom vácuo para a Eau Rouge, estando tão quente assim, será difícil conseguir chegar perto. Amanhã será difícil chegar ao top 10 pelo modo como os pneus estão. Espero estar errado e ficar satisfatoriamente surpreso". 

Plano é largar do grid

Hamilton insiste que ele largará do grid e não do pitlane, apesar do alto risco de se ver envolvido em um acidente na primeira curva.

"Nunca gosto de largar do pitlane. Significa que você precisa esperar todos os carros passarem pela saída do pitlane. Na hora em que eu fizer a curva eles já estarão na metade da descida, quase chegando na Eau Rouge. Isso significa ficar muito para trás". 

"Claro que existe a possibilidade de bater na curva 1, mas também há a chance de tentar evitar isso e não bater. E daí não estarei abrindo mão de sete segundos ou algo assim. Não posso perder nada de tempo, então meu plano é largar do grid".    

compartilhar
comentários
Button: pilotos estão fazendo coisas "loucas" com pneus
Artigo anterior

Button: pilotos estão fazendo coisas "loucas" com pneus

Próximo artigo

Casa cheia por Verstappen e pole de Rosberg; o sábado em Spa

Casa cheia por Verstappen e pole de Rosberg; o sábado em Spa
Carregar comentários