Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
62 dias
20 mai
Próximo evento em
76 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
90 dias
10 jun
Próximo evento em
97 dias
24 jun
Próximo evento em
111 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
118 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
132 dias
29 jul
Próximo evento em
146 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
174 dias
02 set
Próximo evento em
181 dias
09 set
Próximo evento em
188 dias
23 set
Próximo evento em
202 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
209 dias
07 out
Próximo evento em
216 dias
21 out
Próximo evento em
230 dias
28 out
Próximo evento em
237 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
273 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
282 dias

Racing Point questiona decisão por falta de clareza no regulamento: "Dói e surpreende"

Otmar Szafnauer comentou a decisão anunciada na manhã desta sexta (07)

compartilhar
comentários
Racing Point questiona decisão por falta de clareza no regulamento: "Dói e surpreende"

Após múltiplos protestos da Renault, a FIA anunciou na sexta as punições à Racing Point pela quebra do regulamento esportivo da Fórmula 1 com relação aos dutos de freio do RP20. E apesar da decisão ter um ponto positivo, a equipe lamentou a decisão tomada.

A Racing Point perdeu 15 pontos no Mundial de Construtores, além de uma multa de 400 mil euros, mas recebeu a permissão para continuar usando os dutos pelo resto do ano.

Leia também:

O chefe da Racing Point, Otmar Szafnauer, disse que ficou feliz com a permissão recebida para continuar usando os dutos, mas que não sentiu que a decisão confirmou que o que a equipe fez era proibido no regulamento esportivo.

"A boa notícia é que o julgamento deixou claro que o carro é legal de um ponto de vista técnico, então podemos continuar usando os dutos", disse Szafnauer à Sky Sports F1. "É apenas uma questão de processar o que está no regulamento esportivo. Nós lemos o regulamento, e não há nada que fala que não podemos fazer isso".

"É um pouco chocante. Porém, agora temos que decidir se iremos recorrer à punição. Mas é como eu disse, a boa notícia é que podemos continuar com o carro, porque ele é legal".

A FIA não aceitou o argumento da Racing Point de que havia projetado os dutos do início ao fim, considerando a Mercedes o designer principal da peça. Os dutos não eram partes listadas em 2019, podendo ser fornecidas às clientes, mas uma mudança no regulamento proibiu isso para 2020.

Szafnauer disse que os dutos eram a única parte que haviam passado por uma mudança dessas, em um movimento que a Racing Point colaborou.

"Há apenas uma peça que se tornou parte listada, que é o duto. Eu estava na reunião do grupo de estratégia quando votamos nisso. Eu apoiei. Algumas equipes não queriam. Acho que o meu voto foi o decisivo".

"Eu apoiei Cyril [Abiteboul, chefe da Renault] nisso do início ao fim. Começamos esse processo bem antes dos dutos se tornarem parte listada. Então dói e me surpreende que esse processo tenha sido considerado dentro do regulamento quando o próprio regulamento não é claro quanto a isso".

Verstappen detona F1, RP vive semana decisiva e da Matta conta 'causos' da F1; veja:

PODCAST: Qual é o tamanho da 'sorte' de Hamilton ao vencer com três rodas?

 

F1: Mercedes dá as cartas e Bottas lidera primeiro treino livre para o GP dos 70 Anos

Artigo anterior

F1: Mercedes dá as cartas e Bottas lidera primeiro treino livre para o GP dos 70 Anos

Próximo artigo

FIA planeja proibir cópias no regulamento de 2021, mas Racing Point não terá que abandonar 'Mercedes Rosa'

FIA planeja proibir cópias no regulamento de 2021, mas Racing Point não terá que abandonar 'Mercedes Rosa'
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Racing Point
Autor Luke Smith