Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
59 dias
20 mai
Próximo evento em
73 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
87 dias
10 jun
Próximo evento em
94 dias
24 jun
Próximo evento em
108 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
115 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
129 dias
29 jul
Próximo evento em
143 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
171 dias
02 set
Próximo evento em
178 dias
09 set
Próximo evento em
185 dias
23 set
Próximo evento em
199 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
206 dias
07 out
Próximo evento em
213 dias
21 out
Próximo evento em
227 dias
28 out
Próximo evento em
234 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
270 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
279 dias

Raikkonen: "Ainda temos muito a fazer, foi uma sexta normal"

Além de Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen também parece estar bastante satisfeito com o primeiro dia de treinos do GP da Hungria

compartilhar
comentários
Raikkonen: "Ainda temos muito a fazer, foi uma sexta normal"
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari signs autographs for the fans
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H

Kimi Raikkonen nos habituou a nunca tirar muitas conclusões do primeiro dia do fim de semana de corrida e voltou a fazer isso nesta sexta-feira em Budapeste, depois de terminar a sessão da tarde em quarto lugar, perdendo por pouco mais de três décimos para Sebastian Vettel, o mais rápido do dia.

No box da Ferrari, no entanto, se respira um ar particular, porque há apenas dois dias foi noticiada a morte do ex-presidente Sergio Marchionne. Portanto, é normal que também para "Iceman" a análise de sua sexta-feira começou para os microfones da Sky Sport F1.

"Obviamente não é o melhor período para nós, mas a situação é esta e devemos tentar fazer o melhor possível para obter o melhor resultado possível", disse Kimi.

Leia também:

Perguntado se ele acha que seu SF71H tem o potencial para permitir que ele saia de férias satisfeito, ele acrescentou: "Eu não acho que isso faça diferença. Sempre tento fazer o máximo".

"Hoje foi uma sexta-feira normal, os tempos de volta não importam, mas nós aprendemos algumas coisas sobre o comportamento do carro. E é a história de que em cada sexta-feira fazemos um pouco de trabalho e ainda temos um pouco para fazer. Mas não deu errado", concluiu.

Haas e Sauber testam novo motor Ferrrari na Hungria

Artigo anterior

Haas e Sauber testam novo motor Ferrrari na Hungria

Próximo artigo

Force India diz que terá investimento "iminente"

Force India diz que terá investimento "iminente"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Sub-evento Treino Livre 2
Localização Hungaroring
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Autor Matteo Nugnes