Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Evento encerrado
09 jul
-
12 jul
Evento em andamento . . .
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
6 dias
R
GP de 70º aniversário
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
27 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
48 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
55 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
24 set
-
27 set
Próximo evento em
76 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
104 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
111 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
125 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
139 dias

Renault: desenvolvimento limitado da McLaren permite que Ricciardo trabalhe no carro de 2021

compartilhar
comentários
Renault: desenvolvimento limitado da McLaren permite que Ricciardo trabalhe no carro de 2021
Por:
28 de jun de 2020 14:50

Segundo o chefe da equipe, como a McLaren terá que trabalhar para encaixar o novo motor, Ricciardo estará livre para ajudar a Renault

A McLaren terá duas novidades para 2021: um novo piloto, Daniel Ricciardo, e a volta da Mercedes como fornecedora de motores. E, com a troca de fornecedores, a equipe terá que mexer com o chassi de seu carro, gastando suas fichas de desenvolvimento nisso. Para a Renault, isso significa que Ricciardo poderá contribuir com o desenvolvimento do carro de 2021.

Na Fórmula 1, é comum que os pilotos que estão prestes a trocar de equipe sejam deixados de lado dos trabalhos de desenvolvimento dos carros do próximo ano, mas, segundo Cyril Abiteboul, a Renault tem toda a intenção de ter Ricciardo trabalhando com eles nisso.

Leia também:

Ele disse que o fator chave para isso é que o novo sistema de fichas, introduzido para limitar na quantidade de coisas que as equipes podem mexer para 2021, significa que a McLaren não terá como se beneficiar de soluções encontradas pela Renault, porque a equipe britânica terá que gastar todas suas fichas para mexer no chassi do carro para acomodar os novos motores Mercedes.

Falando em uma coletiva sobre os planos da Renault para Ricciardo, Abiteboul disse: "Não haverá tratamento preferencial entre Esteban e Daniel, porque essa não é política da equipe".

"E também, sendo sincero, não há necessidade disso, já que não estamos lutando pelo campeonato nesse momento, então não faria sentido. Daniel estará envolvido com o processo de desenvolvimento do carro".

"Com a estrutura atual, os carros serão mais ou menos congelados para o próximo ano e a McLaren vai gastar todas suas fichas na integração entre motor e chassi, então não haverá desenvolvimento de performance por lá, o que nos dará a oportunidade de trabalhar normalmente com Daniel".

"Ele só não será exposto a coisas relacionadas a 2022. Mas ele não seria de qualquer maneira, porque estamos longe de começar a envolver os pilotos nisso, mesmo que uma parte de nossa equipe já esteja trabalhando nisso".

Ricciardo disse que não espera uma grande mudança no clima da Renault devido à sua decisão de sair da equipe antes mesmo do início da temporada - apesar de achar que haverá momentos estranhos quando ver as pessoas pela primeira vez.

"Talvez na primeira vez que eu veja as pessoas tenha uns momentos de, estranheza, não sei se é a palavra, mas foi algo que já passei há alguns anos", disse Ricciardo em referência à saída da Red Bull.

"Mas, na verdade, eu acho que já passou um tempo desde aquilo, e eu falei e vi alguns membros da equipe. Acredito que agora é hora de focar".

"Todos estamos animados para correr novamente. Com sorte, teremos uma boa quantidade de corridas e teremos a chance de terminar bem".

Raio-X de Hamilton: veja a metamorfose e as histórias inéditas do maior piloto da F1 na atualidade

PODCAST: F1 pronta para volta! Sérgio Sette Câmara explica como será protocolo detalhado

 

Próximo artigo
Hamilton defende retorno da F1 ao continente africano

Artigo anterior

Hamilton defende retorno da F1 ao continente africano

Próximo artigo

Ferrari: novas restrições não devem deixar pit stops mais lentos

Ferrari: novas restrições não devem deixar pit stops mais lentos
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Jonathan Noble