Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
49 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
56 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
70 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
84 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
98 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
105 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
119 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
133 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
140 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
154 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
161 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
175 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
189 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
217 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
224 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
238 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
245 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
259 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
273 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
280 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
294 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
308 dias

Renault: Teto orçamentário irá atrasar times grandes em 2021

compartilhar
comentários
Renault: Teto orçamentário irá atrasar times grandes em 2021
Por:
13 de jan de 2019 13:00

Chefe da equipe francesa se vê com vantagem por teoricamente já estar dentro de limite previsto de custos

Enquanto Mercedes, Ferrari e Red Bull têm uma clara vantagem no momento por causa de seus recursos, o diretor da Renault F1, Cyril Abiteboul, acha que as restrições de custo para 2021 podem mudar a situação.

Por enquanto ele aceita que o orçamento da Renault não é grande o suficiente para ajudar o time a estar na frente em um curto prazo. Mas ele acredita que as dificuldades que virão com algumas equipes precisando cortar gastos pode ser uma dor de cabeça "maior".

"Sabemos que temos um enorme déficit de recursos contra as equipes que, no final, queremos bater", disse ele. “Mas também sabemos que coisas como o limite orçamentário em algum momento irão acontecer”.

“Não faz sentido acumular recursos sabendo que teremos que reduzir e diminuir. De certa forma, será muito pouco profissional fazer isso, contratar pessoas que talvez tenhamos a perder no futuro.”

“Estamos exatamente no ponto onde a F1 espera que as equipes de fabricantes estejam, então precisamos aceitar ficar parados. Então, diria que nossa desvantagem será os recursos que teremos nos próximos dois anos.”

“Mas nossa vantagem é que não teremos a distração de pensar no futuro. Podemos nos concentrar em competir e não ter que pensar em um plano de redundância que será uma grande distração.”

"Há prós e contras, não estou ignorando, temos um plano e vamos executá-lo."

Depois que a Renault investiu pesadamente em sua operação Enstone desde que voltou como equipe de fábrica em 2016, Abiteboul esteve otimista de que os frutos de seus esforços farão uma grande diferença.

Perguntado se ele estava animado ou nervoso para 2019, Abiteboul disse: “acho que seria preocupação ou nervosismo se não estivéssemos vendo os ganhos que estamos vendo”.

“Mas precisamos ter cuidado. Não sabemos os ganhos dos outros, mas minha confiança e a confiança e a mentalidade positiva da equipe vêm também da energia que estamos sentindo em toda parte.”

“O grupo de pessoas que estão se unindo, entendendo um ao outro; as mudanças que Marcin [Budkowski] está implementando em Enstone, a estabilidade e a aceleração em Viry graças a uma série de contratações que estão finalmente em vigor. Tudo isso está me dando confiança e otimismo, em vez de preocupação com o próximo ano.”

Próximo artigo
Verstappen: Dia de serviço público na Fórmula E foi “construtivo”

Artigo anterior

Verstappen: Dia de serviço público na Fórmula E foi “construtivo”

Próximo artigo

Perez: Projeto da Racing Point me convenceu mais do que McLaren

Perez: Projeto da Racing Point me convenceu mais do que McLaren
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Jonathan Noble