Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Ricciardo diz que não tirou '100%' da Renault no treino classificatório

compartilhar
comentários
Ricciardo diz que não tirou '100%' da Renault no treino classificatório
Por:
Co-autor: Adam Cooper
16 de mar de 2019 13:45

Em sua primeira sessão de qualificação pela equipe francesa, piloto admite falha na tentativa de chegar ao Q3; Australiano larga em 12º

Após seu primeiro treino de classificação com a Renault, em que ficou em 12º para o GP da Austrália deste domingo, Daniel Ricciardo disse que não tirou "100%" de seu carro. O piloto da casa não conseguiu avançar ao Q3 e perdeu por pouco para o companheiro Nico Hulkenberg, que ficará logo à frente. Ambos vão largar da sexta fila.

Segundo Ricciardo, o resultado foi frustrante, mas "não tão doloroso": “Uns 0s2 a menos teriam tornado tudo muito mais prazeroso, com a ida ao Q3, que era realmente o alvo. Você pode achar essa diferença de tempo no piloto, então me culpo por não chegar lá. Mas peguei tráfego na última curva e todos estavam devagar. Também senti os pneus um pouco frios”.

“Abrindo a volta eu não tive muita segurança para entrar com tudo na curva 1. Perdi tempo lá, e havia aderência para ir mais rápido. É onde eu perdi. Obviamente, é sempre doloroso quando você sabe que não tem 100% de aproveitamento, mas tudo bem. Mesmo que não seja o resultado ideal, fiquei impressionado com a confiança que senti no carro hoje."

Leia também:


Hulkenberg foi prejudicado por uma "questão relacionada à unidade de energia elétrica" ​​nos últimos segundos do Q2, o que lhe custou a chance de disputar vaga no Q3. “Foi um pouco infeliz. Levou nossa possibilidade de estar no top 10, mas sinto que o carro definitivamente tinha o potencial de estar lá”, disse ele.

O lado positivo para os pilotos é que ambos acreditam que podem tirar mais do RS19 na corrida. "Definitivamente, o carro se comportou bem ontem nas simulações longas", disse Hulkenberg. “O ritmo parecia mais do que certo. Acho que temos todas as chances de uma corrida forte com pontos”.

Ricciardo concordou: “Eu definitivamente acredito que podemos estar nos pontos, acima de 10º. Temos carro para isso. Se tivéssemos avançado ao Q3, acho que teríamos o carro bom o suficiente para estar na oitava posição. É o que tentaremos atingir amanhã”.

Daniel Ricciardo, Renault F1 Team R.S. 19

Daniel Ricciardo, Renault F1 Team R.S. 19

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

O australiano se disse empolgado por fazer parte da briga do pelotão intermediário, apesar de os carros da Haas - que se classificaram em sexto e sétimo - parecerem ter vantagem sobre os rivais imediatos. "Estou frustrado porque não estou na frente dessa batalha, mas animado", disse.

 “Pelo que parece, a Haas é o carro a bater neste momento. Se estivéssemos no Q3, acho que nos aproximaríamos bem. Eu diria que eles têm um ritmo um pouco mais bruto por enquanto, mas isso pode mudar de pista a pista", analisou Ricciardo.

Próximo artigo
Mercedes: Red Bull 'muito diferente' após 'grande' evolução da Honda

Artigo anterior

Mercedes: Red Bull 'muito diferente' após 'grande' evolução da Honda

Próximo artigo

Russell diz que Williams descobriu falha 'fundamental' no novo FW42

Russell diz que Williams descobriu falha 'fundamental' no novo FW42
Carregar comentários