Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

F1: Ricciardo recebe novo chassi da Renault para GP do Bahrein

compartilhar
comentários
F1: Ricciardo recebe novo chassi da Renault para GP do Bahrein
Por:
28 de mar de 2019 14:40

Por precaução, australiano trocará a peça utilizada em sua corrida natal. Giorgio Piola detalha mudanças da equipe francesa para prova barenita

Daniel Ricciardo usará um novo chassi da Renault para o final de semana do GP do Bahrein, substituindo o que ele usou na Austrália como medida de precaução.

O ex-Red Bull enfrentou um pesadelo na corrida em seu país natal depois de perder sua asa dianteira na grama ao lado do grid de largada, já na primeira volta. Por causa das avarias causadas pelo incidente, o piloto da casa teve que abandonar após 28 voltas, quando estava 16ª posição.

Leia também:


Para assegurar nenhum dano do incidente em Melbourne atrapalhe a prova barenita, Ricciardo usará um chassi completamente novo. O antigo será mantido como reserva.

No chassi instalado para a corrida de Sakhir, há pequenos chips que contêm informações, como dados e outros parâmetros. Por isso, o delegado técnico da FIA, Jo Bauer, fez checagens antes de liberar o carro para o fim de semana.

O desenho de Giorgio Piola abaixo (da Williams-BMW 2001) mostra onde os chips estão localizados.

Chassis chip check procedure

Chassis chip check procedure

Photo by: Giorgio Piola

Atualizações de asa traseira para o Bahrein

Depois do fim de semana irregular em Melbourne, a Renault chega para a segunda corrida da temporada com uma série de atualizações na parte traseira do carro. O objetivo é diminuir a distância para as top-3 (Mercedes, Ferrari e Red Bull) e disputar o quarto posto com a Haas, que foi a ‘melhor do resto’ em Albert Park com o sexto lugar de Kevin Magnussen.

As imagens de Giorgio Piola mostram as mudanças feitas no Bahrein, circuito com características diferentes em comparação ao da Austrália, que abriu a temporada 2019 da F1.

Renault F1 Team rear wing comparison – Melbourne (left) and Bahrain (right)

Renault F1 Team rear wing comparison – Melbourne (left) and Bahrain (right)

Photo by: Giorgio Piola

A peça principal da asa traseira foi trocada e agora se curva para cima nas bordas externas. Na Austrália (à esquerda), o elemento era perfeitamente reto, mas foi alterado para se adequar melhor às longas retas no circuito de Sakhir.

Isso reduz um pouco o downforce, mas diminui o arrasto aerodinâmico graças à área frontal reduzida do carro. A mudança também altera o fluxo de ar lançado na asa traseira, tornando-os mais estreitos com o intuito de minimizar o arrasto produzido pela turbulência.

A equipe também dispensou a asa em forma de T colocada na traseira do RS19. A alteração segue a linha geral de remover pequenos apêndices geradores de downforce para diminuir o arrasto aerodinâmico.

Próximo artigo
F1: McLaren troca peça no motor do carro de Carlos Sainz

Artigo anterior

F1: McLaren troca peça no motor do carro de Carlos Sainz

Próximo artigo

Russell só viu luzes da largada no GP da Austrália através de reflexo

Russell só viu luzes da largada no GP da Austrália através de reflexo
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Daniel Ricciardo Compre Agora
Equipes Renault F1 Team
Autor Jake Boxall-Legge