Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
27 dias
06 mai
Próximo evento em
69 dias
20 mai
Próximo evento em
83 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
97 dias
10 jun
Próximo evento em
104 dias
24 jun
Próximo evento em
118 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
125 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
139 dias
29 jul
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
181 dias
02 set
Próximo evento em
188 dias
09 set
Próximo evento em
195 dias
23 set
Próximo evento em
209 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
216 dias
07 out
Próximo evento em
223 dias
21 out
Próximo evento em
237 dias
28 out
Próximo evento em
244 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
280 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
289 dias

Sainz e Verstappen classificam anel externo do Bahrein como "perigoso"

Os pilotos destacam a curta extensão e a alta velocidade como motivos que podem criar problemas na classificação

compartilhar
comentários
Sainz e Verstappen classificam anel externo do Bahrein como "perigoso"

Para o segundo final de semana da Fórmula 1 no Bahrein, a categoria trocou o traçado tradicional da pista pelo anel externo, a mais curta do calendário 2020. Para Carlos Sainz e Max Verstappen, a configuração do circuito usado para o GP do Sakhir está no limite de ser considerado "perigoso", com os carros se encontrando pela pista.

Com tempos de volta na casa dos 54 segundos, há uma grande chance dos carros se encontrarem na pista durante a classificação, especialmente no Q1, quando todos estiverem andando simultaneamente. 

Leia também:

Para Sainz, a FIA precisa fazer modificações para evitar riscos de acidentes, como aconteceu no classificatório da F2 com Mick Schumacher e Roy Nissany.

"Vamos falar sobre isso na reunião dos pilotos. Precisamos encontrar um modo de garantir que não se torne perigoso, porque, no momento, está perto do limite. É difícil, estamos tentando ser o mais sensível e seguro possível, mas a pista nos dá alguns desafios em termos de gerenciamento de tráfego".

"Acho que há algumas ideias que as equipes e os pilotos podem dar para a FIA, tornando mais fácil o contorno da chicane no segundo setor, mas precisamos de uma solução, porque a situação está no limite de tornar-se perigoso".

Verstappen ecoou os comentários do espanhol sobre os problemas de segurança no segundo setor. O holandês também lembrou das grandes diferenças de velocidade entre os carros na classificação.

"Não é a pista mais excitante para pilotar, para ser honesto. Por ser uma pista pequena, o rádio está sempre ligado, 'cuidado aqui, tráfego ali'. E não é isso que queremos".

"Especialmente o segundo setor, há algumas curvas cegas. É perigoso aqui. Você precisa resfriar os pneus para poder fazer outra volta".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

SEXTA-LIVRE: O brilho de Russell e os destaques do dia de atividades pré-GP de Sakhir de Fórmula 1

PODCAST: O 'milagre' Grosjean e o que Pietro Fittipaldi pode fazer em estreia na F1

 

F1: Verstappen bate Bottas no último treino antes da classificação em Sakhir

Artigo anterior

F1: Verstappen bate Bottas no último treino antes da classificação em Sakhir

Próximo artigo

Q4: A pole de Bottas e a classificação do GP de Sakhir, com comentários de Edgard Mello Filho

Q4: A pole de Bottas e a classificação do GP de Sakhir, com comentários de Edgard Mello Filho
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Sakhir
Pilotos Carlos Sainz Jr. , Max Verstappen
Autor Jonathan Noble