Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
61 dias
20 mai
Próximo evento em
75 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
89 dias
10 jun
Próximo evento em
96 dias
24 jun
Próximo evento em
110 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
117 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
131 dias
29 jul
Próximo evento em
145 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
173 dias
02 set
Próximo evento em
180 dias
09 set
Próximo evento em
187 dias
23 set
Próximo evento em
201 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
208 dias
07 out
Próximo evento em
215 dias
21 out
Próximo evento em
229 dias
28 out
Próximo evento em
236 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
272 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
281 dias

F1: Verstappen diz que sem carro híbrido, Red Bull poderia ter domínio igual ao da Mercedes

Holandês também exaltou trabalho da equipe que venceu todos os campeonatos da era da era turbo V6

compartilhar
comentários
F1: Verstappen diz que sem carro híbrido, Red Bull poderia ter domínio igual ao da Mercedes

Max Verstappen acredita que a Red Bull teria um domínio semelhante ao da Mercedes na Fórmula 1 se os regulamentos do motor turbo híbrido não tivessem sido introduzidos na categoria.

A chegada de novas unidades de potência em 2014 abriu as portas para a Mercedes ter um desempenho incrível e só a equipe conquistou títulos desde então, com sete taças, com a Red Bull não tendo nenhum título desde 2013.

Leia também:

Falando ao Motorsport.com sobre por que ele acredita que a Mercedes venceu tudo nos últimos anos contra uma equipe de ponta como a Red Bull, Verstappen acredita que o fator chave foram as mudanças nas regras de 2014.

“Para ser honesto com você, acho que se no final de 2013, se os regulamentos não tivessem mudado, eu acho que a Red Bull poderia ter feito o mesmo, você sabe, se o V6 não fosse introduzido”, disse ele.

“É que, acho que de certa forma, foi perfeito para eles [Mercedes]. Claro, você sabe, a era V6, eles se prepararam muito cedo e foram bem equipados com uma boa unidade de potência desde o início. E isso, claro, inicialmente eu acho, realmente os ajudou muito.”

Verstappen admite, no entanto, que a forma da Mercedes não se resumiu apenas em ter o melhor motor, porque a montadora alemã também fez um trabalho impressionante com seu chassi.

“Acho que eles fizeram o carro deles muito rápido”, acrescentou o holandês. “E, com uma boa velocidade máxima, tudo, claro, já parece bem melhor. Mas com certeza [em 2020], eles também tinham um carro incrível. Você não pode contornar isso.”

Apesar do nível de sucesso que a Mercedes obteve na F1, Verstappen ainda acredita que há uma boa chance de a Red Bull desafiá-los em 2021.

Sua vitória no final da temporada de 2020 em Abu Dhabi foi um impulso psicológico rumo ao inverno, e a equipe está confiante de que superou os piores vícios de seu carro RB16.

Em declarações no final do ano passado, o chefe da equipe, Christian Horner, disse que a chave para suas esperanças agora seria garantir que seu carro fosse mais versátil em todos os tipos de circuitos.

“Acho que melhoramos o carro significativamente”, explicou. "Acho que entendemos quais são essas questões e acho que, com sorte, isso pode ser tratado mais detalhadamente no próximo ano.”

“Precisamos de um carro que funcione em uma grande variedade de circuitos, que a Mercedes tem produzido muito bem.”

“É aí que precisamos ser fortes no próximo ano. Temos que ser fortes em todos os tipos de circuito, especialmente com um calendário de 23 corridas.”

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

DEBATE: O que PÉREZ vai CAUSAR na Red Bull? Mais pontos e VITÓRIAS que VERSTAPPEN ou TRETAS?

PODCAST: Top-3: as corridas mais marcantes da história da F1 em nossas memórias

 

F1: Sainz relembra primeiro contato da Ferrari: “Tentei não acreditar”

Artigo anterior

F1: Sainz relembra primeiro contato da Ferrari: “Tentei não acreditar”

Próximo artigo

F1 registra queda de média de ultrapassagens na temporada 2020

F1 registra queda de média de ultrapassagens na temporada 2020
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing , Mercedes
Autor Jonathan Noble