Vettel: "Acredito que ainda podemos melhorar"

Por conta do ritmo forte enquanto a pista estava seca, Sebastian Vettel deu novas esperanças à Ferrari, que conta com novo motor em Montreal

Vettel: "Acredito que ainda podemos melhorar"
Sebastian Vettel, Ferrari
Kimi Raikkonen, Scuderia Ferrari
Sebastian Vettel, Scuderia Ferrari
Sebastian Vettel, Scuderia Ferrari
Sebastian Vettel, Ferrari SF15-T
Sebastian Vettel, Ferrari SF15-T
Carregar reprodutor de áudio

Sebastian Vettel foi o segundo mais rápido na segunda sessão de treinos livres em Montreal hoje, ficando apenas a 0,3s de Lewis Hamilton. "Tudo estava funcionando como o esperado. Obviamente foi um dia atípico, tivemos que pular etapas porque sabíamos que a chuva estava vindo. Foi uma pena que não pudéssemos mais sair para continuar o treino no final."

"Demos tudo hoje. Agora, acho que temos que continuar aprendendo e ver o que vai acontecer amanhã e domingo", disse o piloto sobre as expectativas para o restante do fim de semana.

No mesmo nível da Mercedes

Perguntado se ele achava que a Ferrari estava alcançando a Mercedes, Vettel respondeu: "Espero que sim. Para ser sincero não vi muito os outros correrem hoje, mas me senti bem, assim como todos nós da equipe. É claro que agora nós vamos observar o comportamento dos outros carros e ver aonde estamos."

Sobre a capacidade da Ferrari de melhor ainda nesta temporada, o alemão respondeu: "Acho que ainda podemos melhorar. Não estou totalmente satisfeito com nosso desempenho, como acredito que ninguém está, até porque tivemos um curto espaço de tempo para treinar hoje. Foi um programa muito corrido. Acredito que ninguém conseguiu correr da maneira que queria hoje. Temos que ser cautelosos e acho que podemos melhorar mais."

Allison esperançoso também

O diretor técnico da Ferrari, James Allison, também estava cauteloso com as palavras após o treino interrompido pela chuva hoje em Montreal: "Espero que o que colocamos no carro neste fim de semana possa nos fazer competitivos na qualificação e também na corrida e os motores são parte disso", disse Allison.

Em seguida ele continuou: "Tudo que fizemos foi para fazer o carro ir mais rápido. Espero que seja forte e confiável. É difícil hoje termos noção de como será o comportamento do carro em ritmo de corrida".

"Normalmente estes GPs têm um padrão e um ritmo próprio. Vamos fazer um pouco mais ou um pouco menos de acordo com cada semana. Como o tempo hoje ditou nosso ritmo e as outras equipes têm diferentes programas, não dá para termos uma noção de como realmente estamos. Mesmo assim, acho que fomos bem, esses caras (membros da equipe) não estão se escondendo", finalizou.

 

compartilhar
comentários
Felipe Massa: "Para nós, definitivamente, esta é uma pista melhor do que Mônaco"
Artigo anterior

Felipe Massa: "Para nós, definitivamente, esta é uma pista melhor do que Mônaco"

Próximo artigo

Mesmo batendo em sessão encurtada por chuva, Hamilton termina sexta na frente

Mesmo batendo em sessão encurtada por chuva, Hamilton termina sexta na frente
Carregar comentários