Fórmula 1
27 jun
-
30 jun
Evento encerrado
11 jul
-
14 jul
Evento encerrado
25 jul
-
28 jul
Evento encerrado
01 ago
-
04 ago
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Próximo evento em
15 dias
R
GP de Singapura
19 set
-
22 set
26 set
-
29 set
Próximo evento em
36 dias
10 out
-
13 out
Próximo evento em
50 dias
24 out
-
27 out
Próximo evento em
64 dias
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
71 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
99 dias

Vettel: Fórmula 1 de hoje "não é o esporte pelo qual me apaixonei"

compartilhar
comentários
Vettel: Fórmula 1 de hoje "não é o esporte pelo qual me apaixonei"
Por:
12 de jun de 2019 12:13

Piloto alemão da Ferrari tetracampeão mundial da categoria acha que a F1 está tomando o caminho errado e defende estilo 'raiz'

Sebastian Vettel disse que não aprecia o fato de que a Fórmula 1 tenha se tornado um esporte diferente daquele por qual se apaixonou, depois de expressar sua frustração pela forma como as penalidades tomaram conta das corridas. "Eu acho que está errado. Não é o esporte pelo qual me apaixonei”, disse.

O alemão ficou profundamente decepcionado ao perder a vitória no Grande Prêmio do Canadá, quando recebeu uma penalidade de cinco segundos por ter voltado à pista de forma insegura, fechando o eventual vencedor Lewis Hamilton. O 'triunfo roubado' vem justamente num período de 'seca' do tetracampeão, que está há 15 corridas sem vencer (veja seus jejuns na galeria especial no fim desta matéria).

Leia também:

Segundo Vettel, sua maior preocupação neste momento é o fato de que a "conversa de advogado" tomou conta do esporte, o que é algo distante de como ele desejava que as coisas fossem.

"Eu realmente amo as corridas antigas, os carros antigos e os antigos pilotos", disse Vettel. “Eu realmente amo e desejaria que eu estivesse naquele tempo, e não hoje. Nós devíamos ser capazes de dizer o que pensamos. Eu discordo do caminho que esse esporte está tomando. Tudo isso eu acho errado. Não é realmente o que deveríamos estar fazendo no carro”.

Vettel calculou que os torcedores veriam aquele momento que ele teve com Hamilton como apenas um incidente de corrida em vez de qualquer coisa que justificasse uma penalidade. “Para mim, isso é corrida, e muitas das pessoas que mencionei anteriormente, os antigos pilotos de F1 e as pessoas nas arquibancadas, elas concordam, isso faz parte das corridas”.

"Mas hoje em dia... eu não gosto, mas todos nós soamos um pouco como advogados usando a língua oficial. Eu acho que está errado. Não é o esporte pelo qual me apaixonei”. Vettel insistiu que ele não havia cruzado a frente de Hamilton deliberadamente quando voltou à pista depois de ter cometido um erro.

"Eu estava voltando ao traçado e tentando ter certeza de que o carro estava sob controle", disse ele. “Depois que recuperei o controle e me certifiquei de que estava tudo bem, vi nos espelhos que Lewis estava bem atrás de mim. Eu não acho que poderia ter feito algo diferente. Eu não sei qual era o problema”.

Perguntado se ele poderia ter feito mais para evitar cortar na frente de Hamilton, ele disse: "Não. Como? Eu estava com as mãos ocupadas tentando manter o carro sob controle. Eu sabia que Lewis estava atrás em algum lugar quando ele estava um segundo atrás e quando olhei no espelho ele estava bem ali”.

Veja galeria com imagens das vitórias que quebraram tabus para Vettel:

Galeria
Lista

Sebastian Vettel venceu pela primeira vez no GP da Itália de 2008. A conquista também foi a primeira e única da Toro Rosso na F1

Sebastian Vettel venceu pela primeira vez no GP da Itália de 2008. A conquista também foi a primeira e única da Toro Rosso na F1
1/13

Foto de: XPB Images

Triunfo garantiu a promoção de Vettel para Red Bull na temporada seguinte

Triunfo garantiu a promoção de Vettel para Red Bull na temporada seguinte
2/13

Foto de: Andrew Ferraro / LAT Images

Vettel garantiu sua primeira vitória pela Red Bull logo em sua terceira corrida pela equipe, no GP da China em 2009

Vettel garantiu sua primeira vitória pela Red Bull logo em sua terceira corrida pela equipe, no GP da China em 2009
3/13

Foto de: XPB Images

O GP da China marcou ainda a primeira vitória da equipe na categoria. Nos quatro anos seguintes, a parceria Red Bull-Vettel conquistou todos os títulos de pilotos e construtores

O GP da China marcou ainda a primeira vitória da equipe na categoria. Nos quatro anos seguintes, a parceria Red Bull-Vettel conquistou todos os títulos de pilotos e construtores
4/13

Foto de: XPB Images

O último grande ato de Vettel pela Red Bull aconteceu no Brasil em 2013, encerrando a temporada do tetracampeonato com uma vitória

O último grande ato de Vettel pela Red Bull aconteceu no Brasil em 2013, encerrando a temporada do tetracampeonato com uma vitória
5/13

Foto de: XPB Images

Sebastian Vettel correu por mais um ano pelo time austríaco, mas não voltou ao topo do pódio, sendo eclipsado por seu novo companheiro, Daniel Ricciardo

Sebastian Vettel correu por mais um ano pelo time austríaco, mas não voltou ao topo do pódio, sendo eclipsado por seu novo companheiro, Daniel Ricciardo
6/13

Foto de: XPB Images

De 'roupa nova', Vettel garantiu uma vitória pela Ferrari logo na segunda corrida pelos italianos, no GP da Malásia de 2015

De 'roupa nova', Vettel garantiu uma vitória pela Ferrari logo na segunda corrida pelos italianos, no GP da Malásia de 2015
7/13

Foto de: XPB Images

A vitória de Vettel colocou fim a um jejum de 20 provas sem vitórias do alemão e de 34 da Ferrari. A euforia tomou conta do time e do piloto. No entanto, a boa fase não rendeu frutos em 2015 e Vettel fechou a temporada com apenas 3 triunfos

A vitória de Vettel colocou fim a um jejum de 20 provas sem vitórias do alemão e de 34 da Ferrari. A euforia tomou conta do time e do piloto. No entanto, a boa fase não rendeu frutos em 2015 e Vettel fechou a temporada com apenas 3 triunfos
8/13

Foto de: XPB Images

As decepções de 2015 e 2016 chegaram ao fim logo na abertura da temporada de 2017, na Austrália, quando Vettel e a Ferrari desbancaram as mercedes e começaram o ano na liderança. Era o fim do maior jejum de Vettel: 27 provas sem vencer

As decepções de 2015 e 2016 chegaram ao fim logo na abertura da temporada de 2017, na Austrália, quando Vettel e a Ferrari desbancaram as mercedes e começaram o ano na liderança. Era o fim do maior jejum de Vettel: 27 provas sem vencer
9/13

Foto de: XPB Images

O alemão conquistava na Austrália sua 43ª vitória e a Ferrari dava sinais de que poderia encerrar a hegemonia da Mercedes. Lewis Hamilton tinha outros planos para 2017 e não deu chances aos rivais, sepultando novamente as ambições de Vettel

O alemão conquistava na Austrália sua 43ª vitória e a Ferrari dava sinais de que poderia encerrar a hegemonia da Mercedes. Lewis Hamilton tinha outros planos para 2017 e não deu chances aos rivais, sepultando novamente as ambições de Vettel
10/13

Foto de: LAT Images

2018 começou melhor do que 2017 e mais uma vez a chama da esperança brilhou para os fãs da Ferrari. Mas após uma sucessão de erros de Vettel e da própria equipe, o sonho foi adiado. O GP da Bélgica marcou a última vitória do piloto na categoria até o momento

2018 começou melhor do que 2017 e mais uma vez a chama da esperança brilhou para os fãs da Ferrari. Mas após uma sucessão de erros de Vettel e da própria equipe, o sonho foi adiado. O GP da Bélgica marcou a última vitória do piloto na categoria até o momento
11/13

Foto de: Steven Tee / LAT Images

Desde a prova em Spa, Vettel já se ausentou do topo do pódio em 15 oportunidades. Pelas promessas e chances que tiveram, o piloto e a Ferrari vivem o que pode ser o pior momento da parceria

Desde a prova em Spa, Vettel já se ausentou do topo do pódio em 15 oportunidades. Pelas promessas e chances que tiveram, o piloto e a Ferrari vivem o que pode ser o pior momento da parceria
12/13

Foto de: Mark Sutton / Sutton Images

2019 só viu as Mercedes estourando a champagne da vitória até o momento. No Canadá, manobra agressiva de Vettel, custou uma punição e tirou do piloto a chance de vencer e encerrar o período de 'seca'

2019 só viu as Mercedes estourando a champagne da vitória até o momento. No Canadá, manobra agressiva de Vettel, custou uma punição e tirou do piloto a chance de vencer e encerrar o período de 'seca'
13/13

Foto de: Zak Mauger / LAT Images

Próximo artigo
F1: “Hamilton conseguiu impor penalidade a Vettel", diz Villeneuve

Artigo anterior

F1: “Hamilton conseguiu impor penalidade a Vettel", diz Villeneuve

Próximo artigo

Verstappen aceita carros de F1 mais lentos para que o 'show' melhore

Verstappen aceita carros de F1 mais lentos para que o 'show' melhore
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Sub-evento Corrida
Pilotos Sebastian Vettel Compre Agora
Equipes Scuderia Ferrari
Autor Jonathan Noble
Seja o primeiro a receber as últimas notícias