Últimas notícias
Fórmula 1 GP da Bélgica

Visando campeonato, equipes trocam motores e cumprem punições na Bélgica

Entre aqueles que usam motores Honda ou Renault, apenas Max Verstappen, Lando Norris e Pierre Gasly passarão fim de semana sem punições

Daniel Ricciardo, Renault F1 Team

Renault e Honda decidiram lançar novas versões de seus motores neste fim de semana, para a disputa do GP da Bélgica de Fórmula 1. A troca fará com que carros equipados com as atualizações sofram punições e larguem do fim do grid.

Leia também:

A Renault levou a versão “C” de seu motor para Spa, o que significa que os dois pilotos da equipe, Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg, além de Carlos Sainz Jr., da McLaren, precisarão cumprir punições no grid de largada.

A McLaren também tinha a opção de lançar a nova versão em seus dois carros, mas optou por fazê-lo apenas com Sainz. O chefe de equipe do time, Andreas Seidl, disse que a troca de motor na Bélgica é uma questão de estratégia para o restante do campeonato.

“Nós começamos o primeiro treino livre com Carlos rodando com a versão “C” da Renault”, disse Seidl ao Motorsport.com. “Nós ainda precisamos decidir como vamos usar esse motor para o restante do fim de semana e até o fim do ano”.

“No fim das contas, trata-se de aumentar o leque de peças que podemos usar e também sobre como distribuir a quilometragem entre as sessões de treinos e corridas até o fim da temporada para evitarmos novas punições. O que significa que tomaremos uma punição aqui com Carlos”.

A Honda também está lançando um motor atualizado neste fim de semana, com Alex Albon da Red Bull e Daniil Kvyat da Toro Rosso sendo relegados ao fundo do grid para cumprir a suspensão pela troca de propulsores.

Equipes trouxeram novidades para os carros:

Praticamente todos os time trouxeram atualizações aerodinâmicas no retorno das férias de verão. Alguns fabricantes optaram por fazer pequenas alterações, enquanto outros trouxeram carros totalmente novos. Confira:

Asa traseira da Renault
Detalhe do encaixe da roda da Red Bull
Asa traseira da Racing Point
Asa traseira da Mercedes
Traseira da Mercedes
Detalhe da traseira da Mercedes
Mercedes AMG F1 W10 de Lewis Hamilton
Asa traseira da Ferrari SF90
Traseira da Ferrari SF90
Ferrari SF90 no pitlane
Frente da Ferrari SF90
Asa traseira da Toro Rosso STR14
Asa dianteira da Alfa Romeo Racing C38
Asas dianteiras da Alfa Romeo Racing C38
Detalhe do bico dianteiro da Ferrari SF90
15

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior No retorno da F1, Ferrari domina primeira sessão de treinos na Bélgica
Próximo artigo Fórmula 1 considera ter corridas aos sábados para definir posições de largada

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil