F2: Piastri supera Zhou e vence corrida 2 no Bahrein; Drugovich cai para 14º após punição

Segunda prova do final de semana da F2 teve duas entradas do safety car por conta de toques

F2: Piastri supera Zhou e vence corrida 2 no Bahrein; Drugovich cai para 14º após punição

Após uma corrida movimentada pela manhã, que terminou com a vitória do estreante Liam Lawson, a Fórmula 2 voltou à pista do Bahrein novamente neste sábado para a segunda de três corridas do final de semana. No final, a vitória ficou com mais um estreante: Oscar Piatri, atual campeão da F3 e piloto da Prema, após uma disputa intensa de jovens talentos da Alpine com Guanyu Zhou e Christian Lundgaard.

Na primeira corrida da temporada, tivemos uma dobradinha de jovens talentos da Red Bull, com Jehan Daruvala terminando em segundo após uma disputa acirrada com Lawson nas voltas finais. David Beckmann completou o pódio, a frente da dupla da Prema, Robert Shwartzman e Oscar Piastri.

Leia também:

Enquanto isso, os brasileiros tiveram resultados diferentes entre si. Guilherme Samaia foi o melhor, saindo de 17º e terminando em nono, mas uma punição de cinco segundos o jogou para 12º. Felipe Drugovich, que saiu de oitavo, se foi prensado na largada, teve que entrar nos boxes trocar o bico e acabou apenas em 16º, uma posição a frente do estreante Gianluca Petecof, em 17º.

Nesta segunda corrida, seguindo o novo formato da categoria, o grid de largada é formado com a inversão dos dez primeiros colocados da prova da manhã. Aplicando também as punições, tivemos Juri Vips e Lirim Zendeli na primeira fila, seguidos de Dan Ticktum e Guanyu Zhou, companheiro de Drugovich, em terceiro e quarto. Enquanto Drugovich e Petecof saem do 16º e 17º lugares, Samaia ganhou uma posição, largando em 11º.

A corrida começou conturbada já na largada. Na primeira curva, Robert Shwartzman tocou na traseira de Dan Ticktum, que acabou rodando no meio da pista. Os dois acabaram abandonando e forçaram a entrada do safety car. 

 

Neste momento, os primeiros colocados eram Vips, Zendelli, Zhou, Lundgaard, Piastri, Lawson, Drugovich, em uma ótima largada, pulando de 16º para sétimo en poucas curvas, Beckmann, Viscaal e Petecof, completando o top 10 também com uma boa evolução na primeira volta. Já Samaia havia caído para 14º.

E o incidente trouxe ainda algo que os fãs aguardavam neste sábado: a estreia da Aston Martin no safety car. A montadora britânica dividirá a função com a Mercedes neste ano e escolheu o Vantage como seu modelo para o carro de segurança.

 

O safety car saiu na terceira volta e a dupla da UNI-Virtuosi tiveram uma relargada fortíssima. Zhou foi pra cima de Zendelli e rapidamente assumiu o segundo lugar, passando a atacar Vips, pulando para a ponta uma volta depois. Drugovich pulou para a quinta posição já na relargada, passando Zendelli na volta seguinte. E Petecof ganhou uma posição, subindo para nono.

Nas voltas seguintes, pouca disputa na pista, mas Petecof começou a perder posições, caindo para 15º na metade da prova, dando impressão de estar com problemas de rendimento. Mais à frente, Drugovich seguia à caça de Lawson pela terceira posição, mas com Lundgaard em quinto se aproximando, enquanto Zhou mantinha um certo conforto na ponta em relação à Vips.

Com dez voltas para o final, a direção de prova anunciou que o dinamarquês da ART havia recebido uma punição de 10 segundos pelo toque em Zendelli, que levou ao abandono do piloto.

Drugovich tentou ultrapassar Lawson, mas acabou errando na trajetória e abriu espaço para o mergulho de Lundgaard em cima dos dois. Em busca de uma recuperação, o brasileiro acabou batendo no neozelandês, que rodou e acabou abandonando. O safety car foi novamente acionado.

Com a entrada do carro de segurança, diversos pilotos entraram nos boxes para colocar pneus macios. A classificação passou a ser: Zhou, Drugovich, Armstrong, Viscaal e Vips, enquanto Lundgaard foi para 10º. Desses, os quatro primeiros não pararam.

O safety car saiu com seis voltas para o fim. Enquanto Zhou conseguiu largar bem e abrir uma boa diferença, Drugovich passou a ser atacado de todos os lados, perdendo posições para Armstrong, Vips, Piastri e Lundgaard apenas na primeira volta. 

No final, Zhou não conseguiu segurar a ponta e a classificação final trouxe três jovens talentos da Alpine, com vitória de mais um estreante da temporada: Oscar Piastri, atual campeão da F3, seguido de Lundgaard (sem a aplicação de sua punição) e Zhou em terceiro. 

Após as punições, Zhou subiu para segundo, com Daruvala em terceiro. Verschoor e Pourchaire fecharam os cinco primeiros colocados.

Já Vips, que vinha brigando com Zhou pela vitória, acabou ficando pelo caminho com problemas em sua Hitech. Entre os brasileiros, Samaia voltou a ser o melhor, com um 11º lugar, a frente de Petecof, 13º. Enquanto isso, Drugovich acabou 14º por conta de uma punição de 10 segundos devido ao toque em Lawson. 

A F2 volta à pista do Bahrein no domingo, para a terceira e última corrida deste fim de semana, que é a de maior duração. O grid de largada desta prova foi definido na sexta, no treino classificatório, com Guanyu Zhou largando na pole, Drugovich saindo de terceiro, Samaia em 18º e Petecof em 21º. A transmissão será realizada pelo Bandsports a partir das 7h40.

Q4: Verstappen DESTRÓI Mercedes de Hamilton e Bottas na classificação do GP do Bahrein

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Temporada 2021 marca nova era na cobertura do esporte a motor na TV?

 

compartilhar
comentários
F2: Lawson segura Daruvala e vence primeira corrida do sábado no Bahrein; brasileiros ficam fora do top 10

Artigo anterior

F2: Lawson segura Daruvala e vence primeira corrida do sábado no Bahrein; brasileiros ficam fora do top 10

Próximo artigo

F2: Samaia destaca evolução e briga por pontos no início da temporada

F2: Samaia destaca evolução e briga por pontos no início da temporada
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria FIA F2
Autor Guilherme Longo