Fórmula E
22 nov
-
22 nov
Evento encerrado
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
36 dias
R
ePrix da Cidade do México
14 fev
-
15 fev
Próximo evento em
64 dias
R
ePrix de Marraquexe
27 fev
-
29 fev
Próximo evento em
77 dias
R
ePrix de Sanya
20 mar
-
21 mar
Próximo evento em
99 dias
R
ePrix de Roma
03 abr
-
04 abr
Próximo evento em
113 dias
R
ePrix de Paris
17 abr
-
18 abr
Próximo evento em
127 dias
R
ePrix de Seul
02 mai
-
03 mai
Próximo evento em
142 dias
R
ePrix de Jacarta
05 jun
-
06 jun
Próximo evento em
176 dias
R
ePrix de Berlim
20 jun
-
21 jun
Próximo evento em
191 dias
R
ePrix de Nova York
10 jul
-
11 jul
Próximo evento em
211 dias
R
ePrix de Londres
25 jul
-
25 jul
Próximo evento em
226 dias

“Fui um idiota”, reconhece Vergne após rodada na curva 1

compartilhar
comentários
“Fui um idiota”, reconhece Vergne após rodada na curva 1
Por:
13 de jan de 2019 14:02

Piloto francês caiu para último, mas fez corrida de recuperação até o quinto lugar no final da prova

Jean-Eric Vergne disse que foi um "idiota" por bater no pole position Sam Bird na primeira curva do ePrix de Marrakesh da Formula E no último sábado. O atual campeão acha que isso lhe custou a vitória.

"Eu fui um idiota", disse Vergne ao Motorsport.com. “Eu sempre tento, como fiz em Nova York no ano passado com Seb [Buemi, na corrida], mas acho que esse ano o carro é um pouco diferente”.

"Eu não parei o carro e obviamente não queria bater em Sam, não queria estragar a corrida dele, arruinar a minha corrida e ter uma penalidade na próxima corrida."

“Então eu fui completamente por dentro e, obviamente, rodei porque não havia outro jeito. Ou eu rodava ou nós dois saíamos da prova. Foi desnecessário porque eu claramente tinha ritmo para vencer hoje. Eu ultrapassei 15 carros e tinha a mesma quantidade de energia que as BMWs no fim.”

“Então, mostra que meu ritmo hoje era muito forte. Eu não precisava ser o primeiro na primeira curva para vencer a corrida. É um erro e não vai acontecer de novo.”

Foi a segunda corrida consecutiva que Vergne teve que se recuperar, depois que seu time – a DS Techeetah – perdeu uma chance em Riade devido a uma penalidade por infrações de potência.

"Foram batalhas muito próximas com todos – ninguém me deixou passar, eu tive que lutar, frear forte e correr muitos riscos", disse Vergne.

“Foi bom lutar. No ano passado eu estava pensando em defender, neste ano eu estou me tornando o rei das ultrapassagens, porque isso é tudo que eu tenho feito desde o começo da temporada”.

Bird disse que não viu muito sobre o incidente, mas suspeita que o contato com Vergne pode ter danificado seu carro.

"Tudo o que sei é que fui atingido na traseira e senti que estava cuidando e achei que poderia ter problemas", disse Bird, que terminou em terceiro, atrás do companheiro de equipe Robin Frijns.

“Nós precisamos checar – posso estar falando besteira. Mas em linha reta eu não me sentia muito competitivo, mas é o que é. Ainda assim foi um resultado incrível para a equipe.”

Reportagem adicional por Benjamin Vinel e Jake Boxall-Legge

Sam Bird, Envision Virgin Racing, Audi e-tron FE05, Robin Frijns, Envision Virgin Racing, Audi e-tron FE05

Sam Bird, Envision Virgin Racing, Audi e-tron FE05, Robin Frijns, Envision Virgin Racing, Audi e-tron FE05

Photo by: Sam Bloxham / LAT Images

Próximo artigo
Da Costa aceita culpa por acidente das BMWs: “erro meu apenas”

Artigo anterior

Da Costa aceita culpa por acidente das BMWs: “erro meu apenas”

Próximo artigo

Muller lidera teste da F-E no Marrocos; Fittipaldi fica em 15º

Muller lidera teste da F-E no Marrocos; Fittipaldi fica em 15º
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Evento Marraquexe
Pilotos Jean-Eric Vergne
Equipes Techeetah
Autor Alex Kalinauckas