Piquet: F-E criou mal-estar “desnecessário” em discussão com Massa

compartilhar
comentários
Piquet: F-E criou mal-estar “desnecessário” em discussão com Massa
Por:
25 de jan de 2019 17:16

Brasileiro da Jaguar diz entender situação, e ressalta que não tem problema com compatriota mesmo após discussão

A confusão de Nelsinho Piquet e Felipe Massa nos treinos do ePrix de Marraquexe continua dando o que falar duas semanas depois, em Santiago. O piloto da Jaguar no entanto adotou um tom conciliador desta vez.

Falando com a mídia brasileira antes do início das atividades de pista, ele minimizou o ocorrido com Massa, e até criticou um pouco a forma com o lance foi explorado pela própria Fórmula E.

“É o seguinte: o que aconteceu primeiramente foi uma comunicação de rádio entre eu e a equipe”, disse Nelsinho ao Motorsport.com.

“Lógico, a TV gosta de puxar as coisas do rádio durante os treinos e corrida – é algo legal para o público. Às vezes você está de cabeça quente, em uma volta no treino, às vezes você pode falar um negócio. Mas eles fizeram uma bomba tão grande por causa disso que eu achei desnecessária.”

Nelsinho disse que não há problemas entre ele e Felipe, e entende a repercussão do caso.

“Nem ele e nem eu temos problema”, seguiu.

“Mas eles usaram isso para chegar nele e de certa forma provocar ele também para criar isso. A agência fez o trabalho dele, de querer criar notícias. É igual aquela história: se você colocar um microfone na boca de qualquer jogador de futebol no meio de um jogo, pelo amor de Deus, ele vai xingar até a mãe dele.”

“E algo que não tenho o que falar, mas as pessoas precisam ter o bom senso de entender o que passa na cabeça na hora que você está fazendo uma volta de classificação e você se atrapalha em algo. Não há muito o que dizer.”

Próximo artigo
Massa sobre Piquet: “para mim é melhor nem mencionar mais o nome dele”

Artigo anterior

Massa sobre Piquet: “para mim é melhor nem mencionar mais o nome dele”

Próximo artigo

Brasileiros preveem corrida “bem difícil” em calor chileno de 37°C

Brasileiros preveem corrida “bem difícil” em calor chileno de 37°C
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Autor Gabriel Lima
Seja o primeiro a receber as últimas notícias