Zanardi atinge "estado físico e neurológico de estabilidade" e é transferido visando reabilitação

compartilhar
comentários
Zanardi atinge "estado físico e neurológico de estabilidade" e é transferido visando reabilitação
Por:

Anúncio da transferência foi realizado pelo Hospital San Raffaele de Milão neste sábado

Após algumas semanas sem novidades, foi divulgado um novo boletim médico sobre o estado de saúde de Alex Zanardi, que segue em recuperação após um forte acidente ainda em junho. A novidade foi vista como positiva por especialistas, mas o caminho para a recuperação ainda será árduo.

Em nota oficial do Hospital San Raffaele de Milão, onde estava internado desde 24 de julho, foi divulgada a boa notícia de que o piloto e ciclista paralímpico se aproxima de uma volta à casa, com uma transferência para o Hospital de Pádua. As condições de Zanardi seguem estáveis, mas ele terá que lutar em uma longa recuperação.

Leia também:

"Alex Zanardi foi transferido hoje para o Hospital de Pádua: o paciente atingiu um estado físico e neurológico de estabilidade geral, que permitiu a transferência para outro centro hospitalar equipado com todas as especialidades clínicas necessárias e a consequente abordagem à casa da família".

"Nos últimos dois meses, ele também conseguiu trilhar um caminho de reabilitação física e cognitiva. Todo o hospital deseja a Alex e sua família um futuro de melhora clínica progressiva".

Mesmo nesta terrível situação, a principal qualidade do piloto tem se sobressaído, um sinal de que há uma melhora significativa em seu estado, justificando a transferência.

A trajetória do ídolo

Alex Zanardi teve algumas passagens pela F1 durante os anos 90, correndo por equipes como Minardi, Jordan e Williams. Nesse mesmo período, correu também pela Indy, onde teve seus melhores resultados, sendo campeão em 1997 e 1998.

O italiano sofreu um gravíssimo acidente em 2001 durante uma prova da Indy em Lausitzring, na Alemanha, quando rodou e parou no meio da pista, sendo acertado a mais de 300 km/h por Alex Tagliani. O grave acidente levou à amputação de suas pernas.

Cerca de dois anos depois, já estava de volta ao esporte a motor, competindo com a BMW no Campeonato Mundial de Turismo, e, no mesmo ano, venceu sua primeira prova na categoria, em etapa na Alemanha.

Seu percurso no mundo do esporte paralímpico começou dois anos depois, e, desde então, firmou-se como um dos maiores nomes do esporte adaptado. Ele tem seis medalhas paralímpicas, sendo quatro de ouro, duas conquistadas em Londres-2012 e outras duas na Rio-2016. Ele é o maior campeão da modalidade nos Jogos. Além disso, Zanardi possui dez ouros nos campeonatos mundiais da modalidade.

Uma das medalhas conquistadas na Rio-2016 veio no dia em que seu acidente na Alemanha completava 15 anos. Ele celebrou duplamente, afirmando que estava feliz por vencer no Brasil, em que não havia ganhado na época da Indy, que corria no antigo autódromo de Jacarepaguá. Desde que começou sua trajetória no ciclismo, Zanardi divide seu tempo entre a modalidade e o automobilismo. 

O relato de como Zanardi surpreendeu a todos na UTI e a inspiração de amar a vida

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Podcast #076 – Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

 

.

Veja como foi o sábado do Ultimate Drift em São Paulo

Artigo anterior

Veja como foi o sábado do Ultimate Drift em São Paulo

Próximo artigo

Gus Koch desfila sua BMW raspando os muros e vence a terceira etapa do Ultimate Drift em final emocionante com João Barion

Gus Koch desfila sua BMW raspando os muros e vence a terceira etapa do Ultimate Drift em final emocionante com João Barion
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Geral
Pilotos Alex Zanardi
Autor Franco Nugnes