Indy: Herta estende contrato com Andretti Autosport até 2027

Comunicado oficial deixa porta aberta para F1, caso equipe consiga entrar na categoria

Colton Herta, Andretti Autosport w/ Curb-Agajanian Honda

Astro da Indycar, Colton Herta permanecerá na Andretti Autosport até 2027, após uma renovação de contrato.

O acordo existente de Herta deveria levá-lo até o final da temporada de 2023, mas sabendo que os contratos de vários outros pilotos estão chegando para renovação no mesmo período, o CEO e presidente da Andretti Autosport, Michael Andretti, resolveu se antecipar.

Leia também:

Isso também garantiu que a Gainbridge, sua principal patrocinadora, continuará apoiando o carro #26 por meio de uma extensão de contrato simultânea.

“Estamos muito satisfeitos em confirmar que Colton e Gainbridge permanecerão na Andretti Autosport nos próximos anos”, disse Andretti. “Colton é um verdadeiro talento e tem uma determinação natural que o faz querer vencer.

“Ele é um competidor forte e um bom companheiro de equipe. Estou ansioso para ver o que Colton e Andretti podem continuar a alcançar juntos.”

Herta tem sete vitórias na Indy, e embora duas delas tenham ocorrido em sua temporada de estreia enquanto ele corria sob a bandeira da Harding Steinbrenner, que era uma equipe satélite da Andretti, o californiano de 22 anos efetivamente encontrou todo o seu sucesso na IndyCar com a equipe Andretti.

“Estou muito feliz e grato por tudo que as equipes Andretti e Gainbridge fizeram por mim”, disse Herta. “Este é um grande passo para mim profissionalmente e estou muito feliz por poder estar com uma equipe de ponta como a Andretti Autosport. Temos grandes objetivos e muito trabalho pela frente, mas não posso estar mais feliz em fazer isso com esta equipe e representar a Gainbridge.”

A redação do comunicado de imprensa foi notavelmente aberta o suficiente para deixar espaço para o combo Herta-Andretti-Gainbridge entrar na Fórmula 1, caso Michael Andretti persuadisse a FIA e os atuais proprietários de equipes a permitir que uma 11ª equipe entre ou (mais provavelmente nesta fase) para comprar uma participação majoritária em uma equipe atual de F1.

Enquanto isso, pelo menos em 2023, Herta continuará sendo companheiro de equipe de Romain Grosjean, Devlin DeFrancesco e o mais novo companheiro de equipe, Kyle Kirkwood, o campeão da Indy Lights de 2021 que passou sua temporada de estreia na AJ Foyt Racing, mas agora substituiu Alexander Rossi no #27 Andretti Autosport-Honda.

Hamilton DESAFIANDO Verstappen? Williams-Porsche, FIA alvo de CRÍTICAS e tudo do GP dos EUA de F1!

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com #200 - F1 virá 'vidraça': é preciso um 'choque de realidade'?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Latifi chama rumores sobre Indy de "engraçados" e fala sobre futuro
Próximo artigo Indy: Kanaan disputará 500 Milhas de Indianápolis 2023 com McLaren

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil