IndyCar
R
Birmingham
09 abr
Próximo evento em
77 dias
R
Long Beach
16 abr
Próximo evento em
84 dias
R
St. Pete
23 abr
Próximo evento em
91 dias
R
Texas
30 abr
Próximo evento em
98 dias
R
GP de Indianápolis
14 mai
Próximo evento em
112 dias
28 mai
Próximo evento em
126 dias
R
Detroit
11 jun
Próximo evento em
140 dias
R
Road America
18 jun
Próximo evento em
147 dias
R
Mid-Ohio
02 jul
Próximo evento em
161 dias
R
Toronto
09 jul
Próximo evento em
168 dias
R
Nashville
06 ago
Próximo evento em
196 dias
R
GP de Indianápolis II
13 ago
Próximo evento em
203 dias
R
Gateway
20 ago
Próximo evento em
210 dias
R
Portland
10 set
Próximo evento em
231 dias
R
Laguna Seca
17 set
Próximo evento em
238 dias
R
Long Beach
24 set
Próximo evento em
245 dias

Kanaan: Não há desculpas para não ganhar corridas na Ganassi

compartilhar
comentários
Kanaan: Não há desculpas para não ganhar corridas na Ganassi
Por:

Brasileiro diz que retornar à Chip Ganassi Racing aumenta a pressão para vencer, mas que isso sempre fez parte de sua carreira

Tony Kanaan, que correu pela Ganassi de 2014 a 2017, foi confirmado na segunda-feira como o piloto em ovais do carro #48 pelos próximos dois anos, compartilhando o equipamento com a lenda da NASCAR, Jimmie Johnson, que competirá em mistos e circuitos de rua.

Kanaan disse que voltar para uma equipe que acaba de ganhar seu 13º campeonato de pilotos e o sexto de Scott Dixon é mais exigente, mas ele agradece a oportunidade realista de adicionar uma segunda coroa da Indy 500 àquela que ganhou com a KV Racing em 2013.

Leia também:

“Minha carreira inteira correu sob pressão e acho que desempenho melhor quando estou sob pressão”, disse o campeão de 2004.

“O prazer estará sempre presente. Quando você está guiando um carro de corrida, na minha opinião, você sempre gosta dele, mas você gosta ainda mais quando está ganhando. E você adiciona pressão, acho que para mim é a melhor combinação. Chip está no negócio para ganhar corridas, é só isso que o preocupa, e ele não vai poupá-lo se tiver algo a lhe dizer.”

“Para mim, é um grande problema ter - aquela sensação no estômago de agora em diante. É como, 'Uau, agora eu tenho que fazer isso.' Eu tenho alguns companheiros de equipe duros e eu terei que estar no topo porque o time vai me dar tudo que eu preciso, sem desculpas para ganhar corridas.”

“Já estive lá algumas vezes e acho que é totalmente administrável.”

Kanaan explicou ainda: “Ter uma oportunidade como essa nos últimos dois anos da minha carreira é algo que não considero garantido. Falei com Chip ontem à noite e temos um objetivo. É fazer com que esta equipe ganhe a Indy 500. Chip acabou de me dizer: ‘Eu adicionei outra grande chance de fazer isso, com você’, e esse é o meu papel, e é para isso que estou aqui.”

“Como eu disse, me sinto muito humilde por ter essas oito corridas nos próximos dois anos. Não acho que compromisso seja um problema para mim. Acho que vocês estão me seguindo há um bom tempo. Acho que estou em forma e estou pronto para isso.”

Embora deva haver apenas quatro corridas ovais no calendário da Indy em 2021 – duas no Texas Motor Speedway, indy 500 e Gateway - nada sobre o calendário foi confirmado ainda para 2022. Kanaan brincou que havia contatado a Penske Entertainment Corp. sobre as oportunidades adicionais naquela que será sua última temporada.

“Já enviei uma mensagem para Mark Miles e Roger Penske dizendo: ‘Que tal esta pista? Que tal essa? Mais ovais com certeza.”

NTT Data e Bryant serão os principais patrocinadores de Kanaan, enquanto o #48 correrá com as cores da Carvana, enquanto Johnson estiver no carro, mas o sete vezes campeão da NASCAR também foi crucial para colocar Kanaan a bordo. O negócio, disse ele, foi concluído em uma semana, mas ele permaneceu em contato com o empregador anterior Larry Foyt, da AJ Foyt Racing.

“Esse foi o primeiro passo, conseguir o patrocínio”, disse Kanaan. “A segunda etapa era tentar encontrar um lugar que me encaixasse bem, que tomasse a decisão certa e assim por diante, e isso era um pouco mais complicado. Passamos algumas noites sem dormir e conversamos com Jimmie todos os dias. Veja quantas peças do quebra-cabeça tivemos que montar.”

“Jimmie precisava fechar o negócio primeiro, que nem sabíamos se seria na Ganassi na época. Sim, o negócio aconteceu muito rápido, mas já conversamos sobre isso há um bom tempo. No começo, eu realmente disse ‘Aargh, isso nunca vai acontecer!’ Esse era o meu lado pessimista pensando que seria impossível conseguir.”

“Enquanto você está fora do contrato, você está falando com todo mundo. Eu estava em negociações com Larry. Eu sempre fui franco com ele. Conversamos com outras equipes. E enquanto isso tudo estava acontecendo.”

“Fizemos isso [com a Ganassi] em tempo recorde incrível, por quão complicado era o negócio.”

“Eu me sinto extremamente sortudo. Vou voltar para um time com meu melhor amigo, Dario Franchitti, meu outro melhor amigo Scott Dixon e agora Jimmie. Não é legal escrever uma história depois, quando tudo acabou? Eu me sinto abençoado. Não consigo agradecer a todos por reunir todo esse esforço, minha família, minha esposa. Ela meio que sabia que eu não desistia. Acho que ela está bem em me aturar por mais alguns anos assim.”

Tony Kanaan, A.J. Foyt Enterprises Chevrolet

Tony Kanaan, A.J. Foyt Enterprises Chevrolet

Photo by: Barry Cantrell / Motorsport Images

Kanaan disse que, além de Ganassi, suas outras opções principais foram Ed Carpenter Racing e Foyt, com quem passou as últimas três temporadas - a última como piloto apenas em ovais. Seu problema ao ingressar na ECR foi que o próprio proprietário da equipe, Carpenter, é um piloto oval.

Questionado se ele também poderia fazer parte da nova equipe do IMSA da Ganassi para 2021, Kanaan respondeu: “Isso é totalmente com Chip. Obviamente, ele me colocou em um carro antes, ele me deu minha vitória de 24 horas em Daytona, então estou disponível.”

“Mas essa é a decisão dele. Nós realmente não conversamos sobre isso. É uma daquelas coisas que eu sei se ele precisa de alguém e se ele quiser que eu faça, estarei disponível. Se não, tenho quase certeza de que ele terá muitos caras capazes. Ele tem um cara, Scott Dixon - você provavelmente o conhece - é provavelmente o primeiro da fila.”

Tony Kanaan se emociona ao lembrar como Nelson Piquet e Ayrton Senna mudaram os rumos de sua vida

PODCAST: Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

 

Indy: Kanaan garante volta à Ganassi para ovais nos próximos dois anos

Artigo anterior

Indy: Kanaan garante volta à Ganassi para ovais nos próximos dois anos

Próximo artigo

Apesar de rumores, IndyCar afirma que segue em negociação com Ferrari

Apesar de rumores, IndyCar afirma que segue em negociação com Ferrari
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Tony Kanaan
Equipes Chip Ganassi Racing
Autor David Malsher