Fórmula 1 Fórmula E IndyCar
28 ago
Evento encerrado
12 set
Evento encerrado
NASCAR Cup
19 set
Evento encerrado
R
Las Vegas II
27 set
Próximo evento em
4 dias
Stock Car Brasil
R
Londrina II
11 set
Evento encerrado
16 out
Próximo evento em
23 dias
MotoGP
15 out
Próximo evento em
22 dias

Jimenez vence segunda prova do Jaguar i-Pace eTrophy em Berlim; Cacá é terceiro

compartilhar
comentários
Jimenez vence segunda prova do Jaguar i-Pace eTrophy em Berlim; Cacá é terceiro
Por:
, Repórter

Essa é a segunda de sete corridas que o Jaguar faz em Berlim e a última no sentido inverso do traçado original

Depois de uma vitória na etapa de ontem do Jaguar i-Pace eTrophy, Cacá Bueno segue dominando a categoria em Berlim. O brasileiro conseguiu mais uma pole position para a prova dessa quinta, novamente com Sergio Jimenez ao seu lado. E na prova, a vitória ficou com Jimenez, com um triunfo importante na disputa pelo título, enquanto Cacá terminou em terceiro.

Essa é a quinta de dez etapas da temporada 2019/20 e a segunda usando o sentido inverso do traçado original do aeroporto Tempelhof. Até o momento, foram duas em Diriyah, na Arábia Saudita, no final de 2019, uma na Cidade do México, no início de fevereiro e uma em Berlim, na quarta.

Leia também:

Lembrando que essa é a segunda e última temporada do Jaguar i-Pace eTrophy. Em maio, a montadora anunciou que o campeonato chegará ao fim depois da maratona de provas em Berlim. Com isso, Jimenez pode se tornar o único campeão da categoria.

O eTrophy faz sete provas em Berlim, em vez de seis como a Fórmula E. A categoria usa os mesmos traçados, porém, na segunda rodada de corridas, fará três corridas no traçado original. No dia 09 de agosto serão realizadas duas provas, sendo que uma delas terá como grid de largada a inversão da classificação da etapa anterior.

Após a prova de ontem, Sergio Jimenez continuou na ponta, com 65 pontos, mas viu a diferença para Simon Evans, agora com 62. Enquanto isso, Cacá escalou na classificação e passou para o quarto lugar, com 29 pontos.

Enquanto Cacá largou com tranquilidade, Jimenez teve que fechar a porta para as investidas de Nick Foster e Evans já na primeira curva. No final da primeira volta, Cacá já abria cerca de meio segundo para Jimenez, que tinha Foster em sua cola. Lá atrás, Adalberto Baptista perdeu uma posição na largada e ocupava a 11ª e última posição.

Com duas voltas, o pelotão formado por Cacá, Jimenez, Foster e Evans já se descolava do resto do grid e os quatro estavam separados por pouco mais de dois segundos. Evans foi o primeiro do grupo a acionar o modo ataque, com sete minutos de corrida, na busca de conquistar a posição de Foster.

Cacá e Jimenez começaram a abrir com relação à dupla neozelandesa depois de algumas voltas, enquanto Evans conseguia ultrapassar Foster. Com os momentos finais de seu modo ataque, o vice-líder do campeonato conseguiu chegar mais próximo dos brasileiros, deixando Foster para trás.

Diferente da prova de quarta, Cacá não conseguiu se distanciar dos principais rivais e, na metade da prova, continuava com Jimenez e Evans em sua cola. Buscando se juntar novamente ao grupo, Foster ativou seu modo ataque pela primeira vez. Jimenez ativou o modo com dez minutos para o fim da prova, e caiu para quarto, ficando atrás de Evans e Foster.

Jimenez e Foster tiveram uma grande disputa pelo terceiro lugar, com os dois se tocando na primeira curva e o brasileiro tendo que espalhar para não parar no muro. Poucas curvas depois, conseguiu ultrapassar o rival e partiu a caça de Evans, conseguindo recuperar a segunda posição na mesma volta.

Cacá demorou para acionar o modo ataque pela primeira vez, e fez suas duas ativações de modo consecutivo, perdendo três posições com isso. Mas ele tinha a vantagem de seus rivais ainda terem que passar pela área uma última vez. Cacá conseguiu voltar ao segundo lugar, mas acabou perdendo a posição quando Evans ativou a potência extra.

Jimenez ativou seu segundo modo ataque com um minuto para o fim e partiu a caça de Evans, em uma disputa que valia não apenas a vitória como também a liderança do campeonato. O brasileiro retomou a ponta na penúltima volta e segurou a ponta até o final.

No final, Jimenez cruzou a linha de chegada em primeiro, com Evans em segundo e Cacá em terceiro. Oli Webb e Nick Foster completaram o Top 5. Na Pro Am, o brasileiro Adalberto Baptista foi o terceiro da classe e 11º na classificação geral. A vitória da Pro Am ficou novamente com Fahad Algosaibi.

O Jaguar i-Pace eTrophy volta a correr novamente no final de semana, com três provas. Serão uma no sábado e duas no domingo, usando o traçado tradicional do ePrix e em seu sentido comum. Na segunda prova do domingo, o grid será formado com a inversão do resultado da prova anterior.

Polêmica Racing Point, Silverstone e tudo o que você sempre quis saber de F1 com Rico Penteado

PODCAST: Qual é o tamanho da 'sorte' de Hamilton ao vencer com três rodas?

 

Cacá Bueno e Sergio Jimenez repetem primeira fila brasileira em Berlim no Jaguar i-Pace eTrophy

Artigo anterior

Cacá Bueno e Sergio Jimenez repetem primeira fila brasileira em Berlim no Jaguar i-Pace eTrophy

Próximo artigo

Jaguar: Jimenez lidera nova dobradinha brasileira em Berlim

Jaguar: Jimenez lidera nova dobradinha brasileira em Berlim
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Jaguar I-Pace eTrophy
Autor Guilherme Longo