Em disputa emocionante, Navarro vence e Binder é campeão

Brad Binder conquista o título da temporada 2016 da Moto3 com quatro corridas de antecedência em corrida emocionante em Aragón; Jorge Navarro supera sul-africano na reta final para vencer prova no MotorLand

Em disputa emocionante, Navarro vence e Binder é campeão

A Moto3 tem um novo campeão: Brad Binder, que terminou o GP de Áragon, realizado neste domingo (25), em segundo, conquistou o título da temporada 2016 com quatro provas de antecedência. Binder saiu de quarto na última volta para a liderança na última curva, mas Jorge Navarro o superou na entrada da reta para vencer a prova.

Enea Bastianini, o mais próximo de impedir a conquista do sul-africano, precisava da vitória a qualquer custo e chegou a liderar, mas não foi além do terceiro lugar e agora precisa se contentar em brigar pelo vice-campeonato.

A corrida

Bastianini largou bem e seguiu na ponta, seguido por Navarro e Binder, que já vinha em terceiro e parecia decidido a encerrar a disputa pelo título já em Aragón. No fim da primeira volta, Navarro superou Bastianini no fim da reta oposta e assumiu a liderança da prova.

Nos giros seguintes, o espanhol e o italiano seguiram trocando posições, enquanto Binder acompanhava atrás, em compasso de espera. A 15 voltas do fim, o sul-africano partiu para cima do italiano e assumiu a segunda posição.

Faltando 13 voltas para o final, Phillip Oettl entrou na briga, superou Navarro e subiu para primeiro, com Bastianini em segundo, Navarro em terceiro e Binder em quarto. Conforme a intensidade da disputa aumentou, o grupo dos ponteiros ganhou a companhia de mais pilotos, como Fabio di Giannantonio e Jorge Martin.

Enquanto isso, a briga pela ponta seguia intensa, com trocas de posição o tempo todo. Ao dividir com di Gianantonio, Binder caiu de primeiro para quarto. O fato de ter uma vantagem confortável na liderança e a possibilidade de decidir o título já no MotorLand não fazia o sul-africano ser mais cauteloso – pelo contrário, o piloto da KTM vinha com agressividade nas manobras.

A três voltas do fim, quatro pilotos se destacaram na briga pela vitória: Binder, Navarro, di Gianantonio e Bastianini. A disputa, como de costume na Moto3, foi para a última volta.

O piloto da KTM, que chegou a ficar em quarto na última volta, partiu para o ataque e chegou a assumir a liderança no fim da reta oposta, mas Navarro conseguiu ficar à frente na reta dos boxes e venceu a prova.

O segundo lugar, entretanto, foi suficiente para Binder conquistar o título da temporada 2016 da Moto3 com quatro corridas para o final do campeonato. Bastianini, que sonhava em adiar a conquista do piloto da KTM, terminou em terceiro e não pode mais alcançar o sul-africano, que abriu 106 pontos de vantagem (249 a 143) com 100 pontos em disputa.

Confira o resultado da prova:

Pos.Num.PilotoMotoVoltasTempoDif.Pontos
1 9  Jorge Navarro  Honda 20 39'56.973   25
2 41  Brad Binder  KTM 20 39'57.003 0.030 20
3 33  Enea Bastianini  Honda 20 39'57.080 0.107 16
4 4  Fabio Di Giannantonio Honda 20 39'57.135 0.162 13
5 36  Joan Mir  KTM 20 39'58.697 1.724 11
6 88  Jorge Martin  Mahindra 20 39'58.876 1.903 10
7 44  Aron Canet  Honda 20 39'58.952 1.979 9
8 19  Gabriel Rodrigo  KTM 20 39'59.981 3.008 8
9 58  Juanfran Guevara  KTM 20 40'00.074 3.101 7
10 65  Philipp Ottl  KTM 20 40'00.532 3.559 6
11 16  Andrea Migno  KTM 20 40'00.567 3.594 5
12 20  Fabio Quartararo  KTM 20 40'03.856 6.883 4
13 17  John McPhee  Peugeot 20 40'06.715 9.742 3
14 23  Niccolò Antonelli  Honda 20 40'06.731 9.758 2
15 64  Bo Bendsneyder  KTM 20 40'06.749 9.776 1
16 21  Francesco Bagnaia  Mahindra 20 40'06.904 9.931  
17 55  Andrea Locatelli  KTM 20 40'10.331 13.358  
18 11  Livio Loi  Honda 20 40'10.618 13.645  
19 95  Jules Danilo  Honda 20 40'15.749 18.776  
20 76  Hiroki Ono  Honda 20 40'19.166 22.193  
21 24  Tatsuki Suzuki  Mahindra 20 40'19.773 22.800  
22 89  Khairul Pawi  Honda 20 40'27.432 30.459  
23 7  Adam Norrodin  Honda 20 40'27.722 30.749  
24 12  Albert Arenas  Peugeot 20 40'33.483 36.510  
25 48  Lorenzo Porta  KTM 20 40'40.001 43.028  
26 40  Darryn Binder  Mahindra 20 40'40.414 43.441  
27 42  Marcos Ramirez  Mahindra 20 40'40.451 43.478  
28 6  Maria Herrera  KTM 20 41'07.597 1'10.624  
29 77  Lorenzo Petrarca  Mahindra 20 41'11.171 1'14.198  
30 18 Gabriel Martinez-Abrego  Mahindra 20 41'42.908 1'45.935  
Não completaram 43  Stefano Valtulini  Mahindra 9 18'59.446 11 voltas  
  8  Nicolò Bulega  KTM 0      
  3  Fabio Spiranelli  Mahindra 0      
  84  Jakub Kornfeil  Honda 0    

 

compartilhar
comentários
Buscando adiar título de Binder, Bastianini é pole em Aragón
Artigo anterior

Buscando adiar título de Binder, Bastianini é pole em Aragón

Próximo artigo

Binder: "chave virou" após vitória saindo de último em Jerez

Binder: "chave virou" após vitória saindo de último em Jerez
Carregar comentários