Bradl é confirmado como wildcard da Honda em Jerez

compartilhar
comentários
Bradl é confirmado como wildcard da Honda em Jerez
Por:
Co-autor: Jamie Klein
8 de mar de 2019 11:58

Alemão fará três corridas nesta temporada com quinta moto da escuderia japonesa na MotoGP

O piloto de testes da Honda na MotoGP, Stefan Bradl, fará sua primeira aparição na temporada 2019 no GP da Espanha, em Jerez – quarta etapa do mundial.

Bradl disputou um total de cinco corridas no ano passado, duas como wildcard da Honda (em Brno e Misano), uma como substituto de Franco Morbidelli (em Sachsenring) e duas como substituto de Cal Crutchlow na LCR nas duas últimas etapas do campeonato, em Sepang e Valência.

Leia também:

As equipes de fábrica sem concessões podem fazer até três wildcards. Com isso, Bradl, campeão de Moto2 em 2011, regressa à ação em Brno e deve fazer sua última corrida do ano em Misano.

A Ducati e a Suzuki revelaram planos para inscreverem seus respectivos pilotos de testes, Michele Pirro e Sylvain Guintoli, em três corridas cada um neste ano. Pirro estará em Mugello, Misano e Valência, já Guintoli corre em Barcelona, ​​Brno e Motegi.

A Yamaha não fez planos para wildcards com o novo piloto de testes europeu Jonas Folger, embora se espere que volte a correr com Katsuyuki Nakasuga, do All-Japan Superbike, em Motegi.

As fábricas com concessões, Aprilia e KTM, têm permissão para ter até seis wildcards durante o ano, mas a montadora austríaca indicou que não terá nenhuma moto adicional em 2019, uma vez que se expandiu seu grupo para quatro motos neste ano com a adição de seu novo time cliente, a Tech 3.

Bradley Smith, piloto de teste da Aprilia, fará o primeiro de cinco jogos de wildcards previstos para este ano neste fim de semana no Catar, ao lado dos pilotos Andrea Iannone e Aleix Espargaró.

A segunda aparição de Smith do ano virá em Barcelona. As outras serão em Brno, Aragon e Valência.

Bradley Smith, Aprilia Racing Team Gresini

Bradley Smith, Aprilia Racing Team Gresini

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próximo artigo
Rossi: ano de 2019 da MotoGP pode ser o mais apertado da história

Artigo anterior

Rossi: ano de 2019 da MotoGP pode ser o mais apertado da história

Próximo artigo

GP da Finlândia de MotoGP corre risco após teste adiado

GP da Finlândia de MotoGP corre risco após teste adiado
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Espanha
Pilotos Stefan Bradl
Equipes Repsol Honda Team
Autor Oriol Puigdemont
Seja o primeiro a receber as últimas notícias