MotoGP
23 ago
-
25 ago
Evento encerrado
13 set
-
15 set
Evento encerrado
20 set
-
22 set
Evento encerrado
04 out
-
06 out
Evento encerrado
R
GP do Japão
18 out
-
20 out
Próximo evento em
05 Horas
:
22 Minutos
:
51 Segundos
25 out
-
27 out
Próximo evento em
7 dias
R
GP da Malásia
01 nov
-
03 nov
Próximo evento em
14 dias
R
GP de Valência
15 nov
-
17 nov
Próximo evento em
28 dias

Com incerteza sobre permanência na F1, Silverstone foca na MotoGP

compartilhar
comentários
Com incerteza sobre permanência na F1, Silverstone foca na MotoGP
Por:
27 de jun de 2019 15:27

Reformas no circuito buscaram acomodar necessidades da MotoGP, apesar de proprietários garantirem que F1 ainda está nos planos

A administração do circuito de Silverstone disse que está focada em garantir um lugar de longa data no calendário da MotoGP no Reino Unido, em meio à incerteza de seu futuro como anfitriã do GP da Inglaterra de Fórmula 1. A corrida de F1 deste ano na pista britânica é a última do contrato atual de Silverstone com a categoria, enquanto o vínculo com a elite da motovelocidade foi estendido recentemente para 2021.

Leia também:

A extensão veio depois que a pista se comprometeu com outro recapeamento na sequência do cancelamento da corrida de 2018 no local, forçado pela chuva forte e preocupações com a capacidade da pista para drenar a água.

“Vamos terminar com uma pista que mantém todas as grandes características tradicionais de Silverstone - rápida, de alta velocidade, fluída, com grandes ultrapassagens e excelente desenho - mas com drenagem muito melhor, asfalto de última geração, aderência fantástica e super suave, com zero colisões - ou o mais próximo de zero batidas possível”, disse o diretor da pista, Stuart Pringle, ao Motorsport.com durante o fim de semana de MotoGP em Barcelona.

“E tendo em mente que a inclinação dos proprietários do circuito é fazer coisas focadas em carros, e não para motos, este é um investimento massivo, uma quantia de sete dígitos a mais do que pagamos no trabalho anterior. Ainda somos um negócio que está se recuperando de uma situação financeira difícil. Sem certeza do futuro da F1, fizemos isso para manter a MotoGP".

Pringle diz que Silverstone, que tem como objetivo tornar a MotoGP "fixa" em seu calendário, adotou uma abordagem diferente para recapear o circuito desta vez, contratando a Tarmac para realizar as obras, mas delegando a coordenação do projeto para o especialista Jarno Zaffelli e sua empresa Dromo.

Zaffelli projetou uma especificação de asfalto para Silverstone "consciente do nosso clima e do fato de que somos um circuito de Fórmula 1, bem como de MotoGP, mas também um circuito muito ocupado". Pringle está convencido de que isso ajuda a aliviar a questão dos solavancos na zona de frenagem, que são muitas vezes sentidos pelos pilotos de MotoGP em pistas compartilhadas com a F1.

Pringle também está “completamente confiante” de que a nova superfície irá proteger a pista de uma repetição do desastre de 2018, tendo testemunhado como as partes do circuito já recapeadas funcionaram na drenagem da água durante chuvas intensas no início de junho.

O oficial de segurança da Federação Internacional de Motociclismo, Franco Uncini, deve visitar a pista depois da corrida de F1 deste ano. Pringle sente que Uncini “ficou confortável com a equipe que montamos para entregar as mudanças”.

Questionado sobre a posição da promotora da MotoGP, a Dorna, sobre o futuro a longo prazo da corrida, Pringle disse: “A Dorna está muito feliz com o trabalho que fizemos, eles amam a pista, os pilotos adoram, a associação de equipes adora a praticidade do espaço, no paddock e tudo mais.
Eles me deram motivos para ficar otimista de que também enxergam o futuro da MotoGP em Silverstone no longo prazo".

Embora exista uma grande expectativa de que Silverstone também assine um novo contrato com a F1, não houve atualizações desde que o circuito negou a divulgação de um acordo em abril. "Essa ainda é a posição - ainda estamos conversando", disse Pringle em Barcelona.

“A Liberty Media ainda quer que haja um Grande Prêmio da Inglaterra, e nós ainda queremos administrá-lo. Mas tem que ter os termos comerciais certos para assinarmos um contrato".

Próximo artigo
Análise: Game MotoGP 19 é um prato cheio para os fãs da categoria

Artigo anterior

Análise: Game MotoGP 19 é um prato cheio para os fãs da categoria

Próximo artigo

Viñales acredita que falta de punição a Lorenzo abre precedentes

Viñales acredita que falta de punição a Lorenzo abre precedentes
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Valentin Khorounzhiy