MotoGP
25 mar
Próximo evento em
62 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Próximo evento em
76 dias
R
GP das Américas
15 abr
Próximo evento em
83 dias
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
97 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
111 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
125 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
132 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
146 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
167 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
202 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
216 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
230 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
237 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
251 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
258 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
272 dias
R
GP da Malásia
28 out
Próximo evento em
279 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
293 dias

Danos causados ​​por colisões no começo do GP de Portugal forçaram abandono de Mir

compartilhar
comentários
Danos causados ​​por colisões no começo do GP de Portugal forçaram abandono de Mir
Por:
Co-autor: German Garcia Casanovs

Atual campeão da MotoGP disse que problema eletrônico no domingo foi diferente do relatado no sábado, que prejudicou sua qualificação

O campeão mundial de MotoGP Joan Mir diz que um problema eletrônico causado por duas colisões no início do GP de Portugal o obrigou a abandonar a última corrida de 2020.

O piloto da Suzuki se qualificou apenas em 20º devido a outro problema elétrico, mas conseguiu chegar ao 12º depois de uma boa primeira volta.

Leia também:

No entanto, ele foi para 19º na segunda volta depois de colidir com a traseira da Avintia Ducati de Johann Zarco na curva 3. Mir já havia colidido com Francesco Bagnaia "Pecco", da Pramac, na primeira volta na mesma curva, o que aparentemente deslocou o ombro do italiano.

O piloto da Suzuki disse que um desses contatos causou um problema com a parte eletrônica da moto, que o levou a perder o controle de tração, e o problema foi piorando conforme o pneu traseiro ia se desgastando.

“A adrenalina estava facilitando a ultrapassagem e foi divertido”, disse Mir, que desistiu na volta 16. “Então, tenho que pedir desculpas a Pecco porque nessa parte eu fui muito agressivo, um pouco demais. Às vezes eu critico esse tipo de manobra e eu não estava ... não fui sujo, mas não foi a melhor manobra.

“E aí com esse toque, não sei se foi com o Zarco ou com o Pecco, que afetou de alguma forma - não sabemos por que - a eletrônica da moto, e aí eu não tive tração. Eu estava tendo tração em algumas partes, outras não.

“Então, quando o pneu foi se degradando, foi ficando cada vez pior e tive que abandonar.”

Mir insiste que o problema eletrônico que atrapalhou seu sábado não foi o mesmo que sofreu no domingo e não tem certeza do que poderia ter alcançado em sua primeira corrida como campeão mundial sem esses problemas técnicos.

“Os problemas de ontem não eram os mesmos de hoje”, acrescentou. “Foi uma história diferente, durante a corrida não tive esses problemas. O problema hoje era que às vezes a tração estava falhando.”

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Rubinho relata emoção com filhos nas 500 Milhas de Kart e Motorsport.com estreia bem com o 11° lugar

Podcast #076 – Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

 

GALERIA: Rossi tem despedida emocionante da Yamaha após 15 temporadas na equipe

Artigo anterior

GALERIA: Rossi tem despedida emocionante da Yamaha após 15 temporadas na equipe

Próximo artigo

ANÁLISE: Honda chega ao fundo do poço sem Marc Márquez na MotoGP

ANÁLISE: Honda chega ao fundo do poço sem Marc Márquez na MotoGP
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP de Portugal
Pilotos Joan Mir
Autor Lewis Duncan