MotoGP
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
60 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
67 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Canceled
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
95 dias
R
GP de Aragón
25 set
-
27 set
Próximo evento em
110 dias
15 out
-
18 out
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Canceled
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
144 dias
R
GP de Valência
27 nov
-
29 nov
Próximo evento em
173 dias

Dovizioso vê todas as motos “fortes” após teste "estranho" no Catar

compartilhar
comentários
Dovizioso vê todas as motos “fortes” após teste "estranho" no Catar
Por:
26 de fev de 2019 13:15

Piloto da Ducati fica em 15º no último dia, mas diz não se preocupar com posição nos tempos por enquanto

Andrea Dovizioso disse que é "impossível" tirar quaisquer conclusões significativas do teste da MotoGP no Catar, pois sente que todas as motos pareciam fortes nas condições "estranhas" na qual o treino foi disputado.

Depois de a Ducati concluir o teste de inverno anterior em Sepang fechando o top-4, a marca de Borgo Panigale teve uma exibição mais discreta no Catar, especialmente no último dia de treinos.

Leia também:

Enquanto Dovizioso insiste que não está "muito preocupado" com seu lugar na tabela de tempos, ele também admitiu que o seu sentimento na Desmosedici de 2019 não está em "100%".

"Acho que muitas coisas aconteceram nos três dias", resumiu Dovizioso. "As condições mudam todos os dias e perdi um pouco da sensação que tinha com a moto”.

"Foi um pouco estranho, porque todo mundo foi rápido, mas acho que o fim de semana de corrida é sempre um pouco diferente e temos que ver quais condições teremos aqui em 10 dias, porque todos os dias no Catar o clima muda. Muda o vento, a umidade e isso pode afetar muito as coisas.”

"Nós terminamos o teste sem uma sensação perfeita, mas no geral, falando de ritmo de corrida, não estamos tão ruins.”

"Fizemos o trabalho da maneira certa, infelizmente a velocidade não estava lá no final do teste, mas não acho que tenhamos que nos preocupar muito com isso."

Dovizioso foi forçado a abortar uma simulação de corrida que ele havia iniciado com o novo companheiro de equipe, Danilo Petrucci, após várias voltas na segunda-feira.

O vice-campeão de 2018 disse que o vento o impediu de completar tudo o que planejou.

"Começamos com um vento realmente forte, oposto ao dos dois últimos dias, e isso afetou muito tudo", admitiu.

"Não conseguimos comparar o que queríamos, a referência das frenagens mudou muito."

Perguntado sobre quem ele esperava que fossem seus principais adversários para a corrida, ele acrescentou: "é realmente impossível entender agora. De fora, parece que todo mundo fez uma melhora, mas é muito difícil de saber”.

"Há muitos novatos muito rápidos, não sabemos o que eles podem fazer na corrida. Mas eu não sei. Todas as motos parecem muito boas.”

"Talvez a Ducati neste teste no final não esteja no topo da tabela, mas eu não acho que isso seja importante demais."

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próximo artigo
MotoGP: Viñales lidera último dia de testes de pré-temporada

Artigo anterior

MotoGP: Viñales lidera último dia de testes de pré-temporada

Próximo artigo

Márquez diz que está pronto para buscar o pódio no GP do Catar

Márquez diz que está pronto para buscar o pódio no GP do Catar
Carregar comentários