Honda completa time de Lorenzo para temporada de 2019

Motorsport.com apurou quais serão os mecânicos e engenheiros do espanhol em sua primeira temporada pela fabricante japonesa

Honda completa time de Lorenzo para temporada de 2019
Carregar reprodutor de áudio

Jorge Lorenzo trabalhará com o antigo engenheiro de pista de Dani Pedrosa e só trará um integrante da Ducati, apurou o Motorsport.com.

Lorenzo será parceiro de Marc Márquez na Repsol Honda no ano que vem e terá guiado em todas as três principais fabricantes da MotoGP em três anos, já que se juntou à Ducati vindo da Yamaha em 2017.

E, assim como na mudança mais recente, Lorenzo somente levará consigo seu mecânico de confiança, Juan Llanso, da Ducati para a Honda.

Llanso trabalha com Lorenzo desde que o piloto competia na CEV Espanhola, permanecendo também durante as passagens por 125cc, 250cc e na Yamaha.

Ramon Aurin, que trabalhou anteriormente com Pedrosa, mas que esteve com Takaaki Nakagami nos últimos dois anos, será o homem principal na garagem de Lorenzo.

Dois outros membros do time de Pedrosa – o mecânico chefe Masashi Ogo e o mecânico Emanuel Bechner – também se juntarão ao time de Lorenzo.

Arlan Holterman e Marco Barbiani, técnicos da eletrônica de Cal Crutchlow na LCR, e os mecânicos Felix Kertzscher e Carles Lurbe, da Moto2, também entrarão.

O atual engenheiro de pista de Pedrosa, Giacomo Guidotti, substituirá Aurin ao lado de Nakagami,enquanto que Jose Manuel Allende, engenheiro de telemetria, estará com Crutchlow.

O mecânico Pedro Calvet será parte da equipe de testes de Stefan Bradl, sendo que o piloto deverá fazer duas ou três participações como wildcard em 2019.

compartilhar
comentários
Rossi: "Meu objetivo não é o décimo título"
Artigo anterior

Rossi: "Meu objetivo não é o décimo título"

Próximo artigo

Márquez: "Suzuki está pronta para lutar pelo título"

Márquez: "Suzuki está pronta para lutar pelo título"
Carregar comentários