MotoGP
R
GP do Catar
25 mar
Próximo evento em
64 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Próximo evento em
78 dias
R
GP das Américas
15 abr
Próximo evento em
85 dias
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
99 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
113 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
127 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
134 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
169 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
204 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
218 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
232 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
239 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
253 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
260 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
274 dias
R
GP da Malásia
28 out
Próximo evento em
281 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
295 dias

Márquez: Ainda acho que não fiz nada de errado com Lorenzo

compartilhar
comentários
Márquez: Ainda acho que não fiz nada de errado com Lorenzo
Por:

Espanhol admitiu nesta quinta-feira que fez um apelo a Jorge Lorenzo para se preocupar com sua condição, mas não se considera culpado por queda

Marc Márquez segue firme em direção de um novo título da MotoGP e se conseguir quatro pontos a mais que Andrea Dovizioso no Japão, em duas semanas ele poderá conquistar o pentacampeonato

Apesar da grande vantagem de 72 pontos, com cinco corridas para o final da temporada, Márquez se arriscou em Aragón para ter uma nova vitória e não vai mudar seus planos para o fim de semana na Tailândia.

Neste circuito foi feito um teste de pré-temporada e a Honda completou uma simulação de corrida com resultados muito bons.

"Acho que o filme mudou muito desde a pré-temporada, e especialmente a Ducati está em outro nível. A Yamaha eu não sei muito, mas a nossa moto é diferente em todos os níveis, incluindo o motor. O teste está longe, mas temos boas lembranças e espero começar com esses sentimentos", explicou.

Leia também:

Embora Márquez diga que encara todas as corridas da mesma forma, em Aragón ele saiu para a vitória, algo que poderia ser repetido na Tailândia.

"Enfrento uma corrida como todo mundo, com a mentalidade de trabalhar para vencer no domingo, depois veremos se podemos ou não. Em Aragón, eu estava confortável e fiz isso, em outros não posso. Durante a corrida é quando vemos se é hora de marcar pontos ou se é hora partir para a vitória."

Depois de Aragón, Lorenzo apontou Márquez como culpado de sua queda e na segunda-feira houve uma ligação entre os dois.

"São diferentes pontos de vista. Eu liguei para saber sobre suas condições físicas, porque você está sempre interessado nos rivais e, acima de tudo, no futuro companheiro de equipe. A partir daí, todo mundo tem sua visão do que aconteceu, acho que não fiz nada de errado, nada do que não aconteça nas corridas. Então virei a página, fiz um teste muito bom na terça-feira (em Aragón), agora estamos na Tailândia e não quero perder mais tempo falando sobre tudo isso.”

Tranquilo, Rossi diz que Yamaha não pode “piorar mais”

Artigo anterior

Tranquilo, Rossi diz que Yamaha não pode “piorar mais”

Próximo artigo

Dovizioso lidera dia na Tailândia; Lorenzo sofre queda forte

Dovizioso lidera dia na Tailândia; Lorenzo sofre queda forte
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Localização Chang International Circuit
Pilotos Marc Marquez
Autor Oriol Puigdemont