MotoGP GP das Américas

MotoGP: Após acidente com Márquez, Oliveira é liberado para correr no GP das Américas

Português se recuperou de um acidente causado por Marc Márquez no GP de Portugal, estreia da temporada 2023

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Miguel Oliveira, RNF MotoGP Racing crash

Miguel Oliveira, piloto da Aprilia, foi liberado para correr no GP das Américas de MotoGP que acontece neste fim de semana nos Estados Unidos, após se recuperar da queda causada por um acidente com Marc Márquez em Portugal. 

Leia também:

O piloto português foi atingido por Márquez na terceira volta do primeiro GP de 2023 no mês passado e sofreu uma lesão no tendão do lado direito. Por conta disso, Oliveira ficou fora do GP da Argentina para se recuperar dos ferimentos e voou para Austin esta semana para passar por um exame médico no Circuito das Américas na manhã de quinta-feira.

O português foi aprovado nas verificações e está liberado para participar dos treinos de sexta-feira, onde continuará avaliando seu nível físico. Oliveira não foi substituído no GP da Argentina, enquanto sua equipe pressionou a FIM para impor penalidades mais severas após o incidente de Márquez.

O representante da Honda recebeu uma penalidade dupla de volta longa a ser cumprida no GP da Argentina, mas que agora foi adiada quando ele retornar depois que a FIM alterou a redação da sua punição dois dias após o GP de Portugal. A Honda recorreu e o assunto foi levado ao Tribunal de Apelações da FIM, enquanto Márquez continua fora das pistas com uma fratura na mão e perderá o GP das Américas deste fim de semana.

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Miguel Oliveira, RNF MotoGP Racing, Jorge Martin, Pramac Racing crash

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Miguel Oliveira, RNF MotoGP Racing, Jorge Martin, Pramac Racing crash

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Márquez será substituído pelo piloto de testes da Honda, Stefan Bradl, neste fim de semana no COTA, enquanto Joan Mir retornará à ação depois de perder o GP da Argentina devido a uma lesão no tornozelo que sofreu em um acidente na primeira volta da corrida sprint em Termas de Río Hondo.

O piloto da Tech3, Pol Espargaró, continua ausente em futuro a curto prazo depois de sofrer fraturas na mandíbula e nas costas em um terrível acidente na sexta-feira do GP de Portugal. Depois que a equipe decidiu não substituí-lo na Argentina por respeito, a equipe francesa convocou o piloto de testes da KTM Jonas Folger para substituir Espargaró até que o espanhol possa retornar.

Folger estreou na MotoGP pela última vez no GP de Aragão de 2017 durante seu ano de estreia, antes de ser forçado a se retirar do restante da temporada e de todo o ano de 2018 depois de desenvolver a Síndrome de Gilbert.

Seguiu-se uma passagem de cinco corridas na Moto2 em 2019 e uma campanha completa no Mundial de Superbike, além de uma breve passagem em 2019 como piloto de testes da Yamaha antes de ingressar na lista da KTM nesta temporada. Na Ducati, o piloto de testes Michele Pirro vai ocupar o lugar de Enea Bastianini na equipe de fábrica, enquanto ele se recupera da fratura no ombro que sofreu numa queda na corrida sprint em Portugal.

Eric Granado projeta temporada 2023 da MotoGP

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Após ausência na Argentina, Honda deve contar com Mir e Bradl em Austin
Próximo artigo MotoGP: Punição de Marc Márquez por acidente com Oliveira é suspensa até conclusão do julgamento

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil