Preview
MotoGP GP das Américas

MotoGP: Após ausência na Argentina, Honda deve contar com Mir e Bradl em Austin

Além de uma moto pouco competitiva, montadora vive início de campeonato atribulado com seus pilotos

Joan Mir, Repsol Honda Team

A equipe oficial da Honda deve marcar presença no GP das Américas de MotoGP deste fim de semana após não disputar a etapa anterior na Argentina devido às ausências de Marc Márquez (fratura na mão em Portugal) e Joan Mir (acidente sofrido na corrida sprint de Termas), mas podendo contar com apenas um dos pilotos titulares.

Na terça-feira, a montadora confirmou que Márquez ficará de fora pela segunda etapa consecutiva. O espanhol segue se recuperando da fratura no primeiro metacarpo da mão direita, sofrida no forte acidente com Miguel Oliveira no GP de Portugal, no fim de março.

Leia também:

Márquez precisou passar por uma cirurgia e deveria retornar neste fim de semana, mas com o osso ainda em processo de cura, foi tomada a decisão de adiar sua volta. O retorno do hexacampeão deve ser cercado de polêmicas, com a Honda protestando uma alteração divulgada pela FIM da punição dada ao hexacampeão pelo acidente com Oliveira.

Com Márquez fora do GP da Argentina, a FIM retificou a punição de duas voltas longas dadas ao hexacampeão. Inicialmente o documento escrevia que ela seria paga em Termas mas, devido à sua ausência, ele foi alterado para "a próxima etapa que ele disputar", levando às críticas da montadora.

Em seu lugar, a Honda escalou o piloto de testes Stefan Bradl, que vem substituindo Márquez ao longo de suas ausências no grid desde 2020. Nos últimos dias, o alemão esteve em Jerez de la Frontera, na Espanha, em um teste privado da Honda e outras montadoras, onde teve acesso ao novo chassi Kalex que a marca japonesa deve adotar para reverter a má fase.

Já o campeão de 2020, Mir, está em Austin, mas sua participação ainda não está 100% confirmada. O espanhol não vive o melhor início de trajetória com a Honda. Em Portugal, ele sofreu uma queda na corrida sprint do sábado antes mesmo do fim da primeira volta, acertando Fabio Quartararo. Por isso, ele recebeu uma volta longa de penalização para o domingo.

Já na Argentina, ele sofreu uma queda antes do fim da primeira volta da sprint devido a um toque com Fabio DiGiannantonio. Não houve punição, mas o espanhol sofreu um forte golpe na cabeça, sendo levado ao hospital. Por isso, ele não foi considerado apto a disputar a prova do domingo, deixando a Honda sem representantes da equipe oficial no grid.

Como balanço das primeiras etapas, Álex Rins, da LCR é o melhor colocado da Honda no Mundial, em 12º com 13 pontos, contra 50 do líder Marco Bezzecchi, seguido de Takaaki Nakagami e Marc Márquez, 15º e 16º, com sete tentos cada e Mir é o 18º, com cinco.

Mir viajou a Austin para o GP das Américas, mas ainda deve passar por uma avaliação médica da própria categoria, que deve declará-lo apto para a etapa deste fim de semana.

"Estou pronto para voltar à moto, pude passar a última semana em casa me recuperando após a queda e já voltei a treinar", disse Mir. "No ano passado tive uma boa prova em Austin e a Honda tem um bom histórico aqui, então o objetivo é ter um fim de semana consistente e sem problemas".

Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Repsol Honda Team, tras una caída
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Repsol Honda Team
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
Joan Mir, Equipo Repsol Honda
50

EXCLUSIVO: Ouça Massa detalhando possível judicialização do GP de Singapura de 2008

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Ducati confirma ausência de Bastianini e substituto no GP das Américas
Próximo artigo MotoGP: Após acidente com Márquez, Oliveira é liberado para correr no GP das Américas

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil