Reações
MotoGP GP de San Marino

MotoGP - Bagnaia: "Vi a KTM passar por cima de mim e cruzei meus dedos para que ninguém mais me acertasse"

Italiano da Ducati falou sobre o acidente de Barcelona na coletiva desta quinta-feira pré-GP de Misano

Francesco Bagnaia, Ducati Team

Francesco Bagnaia é o grande protagonista do Mundial de MotoGP em 2023 mas, desde a semana passada, por um motivo bem diferente de suas inúmeras vitórias: o líder e atual campeão sofreu um acidente assustador na primeira volta do GP da Catalunha do último domingo, sendo atropelado pela KTM de Brad Binder. Um incidente que agora o italiano dá a sua versão.

Bagnaia perdeu o controle da moto na saída da curva 2 e foi ejetado da moto, caindo no meio da pista. Sem ter como desviar, Binder passou por cima da perna do italiano. Mas, felizmente, Bagnaia saiu consciente e sem nenhuma fratura, estando liberado para correr neste fim de semana em Misano.

Leia também:

Após receber o ok da direção médica da MotoGP para correr no GP de San Marino, Bagnaia esteve na coletiva de imprensa dos pilotos em Misano, dando a sua visão do acidente do último domingo.

"Estou muito feliz, me sinto sortudo por estar aqui. Devo começar agradecendo a todo o trabalho feito pela segurança do esporte. Creio que a evolução, em termos de proteção, é a melhor do mundo. Era muito importante para mim estar aqui, correndo em casa, e trabalhamos muito. Não foi fácil, porque a segunda foi um dia complicado, mas dei o meu melhor com toda minha equipe".

"É incrível a evolução desde a segunda-feira. Seguirei fazendo fisio o fim de semana todo e creio que meu nível físico vai melhorando a cada dia. Já tentei subir na moto e me senti bem".

Sobre onde a lesão o afeta mais, Bagnaia sinalizou: "O traseiro, e isso não deve ajudar", brincou. Tenho um hematoma no joelho direito, onde veio o impacto com a moto de Binder. E ele vai até o pé, o que dificulta a movimentação da perna".

Sobre a causa do acidente, Pecco diz estar claro: "Desde a volta de aquecimento sentia que a aderência no pneu traseiro era zero. Quase caí em três momentos, nas curvas 3, 9 e 12 e, sem forçar, porque era o aquecimento".

"Na primeira curva perdi a traseira. Se você olhar bem, Jorge [Martín] teve que adiantar a frenagem, por isso tive essa distância na segunda curva. Eu me inclinei e acelerei mais, por isso perdi o controle. Estamos verificando os dados de eletrônica, mecânica e estilo de pilotagem para não cometermos mais erros. Esperamos a análise da Michelin. Foi muito estranho".

 

"Essa análise pode levar muito tempo. Não sei se minha equipe já falou com eles. Mas quero pedir a eles uma resposta, porque quero entender porque a traseira da moto deslizava tanto mesmo com o pneu já quente".

Posteriormente, Bagnaia analisou sua sensação de cima da moto e após a queda: "Em cima da moto, não achei que a derrapagem acabaria assim. Conheço a sensação [guiando] no Rancho [de Valentino Rossi] e estava pronto. Senti meu airbag acionar. Foi o maior impacto que já tive no chão. Temos uma proteção de quadril e isso ajudou muito".

"Quando estava rodando, estava vendo e ouvindo todas as motos. Vi a KTM passar por cima de mim e cruzei os dedos para que ninguém mais me acertasse além dessa moto. Foi uma situação dramática, e tive a 'sorte', infeliz para Enea [Bastianini, companheiro de Bagnaia na Ducati], de que haviam cinco motos a menos na prova. O melhor trabalho foi de Jorge [Martín] e Brad [Binder], que controlaram a situação de maneira incrível".

Sobre o que poderia ter causado a queda, o italiano rechaçou possíveis soluções como aumentar o espaço entre os pilotos no grid de largada, destacando outro fator.

"Da minha parte, não acho que podemos seguir pilotando em Barcelona com este nível de segurança nos próximos anos. O asfalto e a aderência são um desastre. É a corrida com a maior quantidade de quedas no ano, na curva 5 você parece que está no gelo. Extrapolaram o limite de segurança. Esse é um elemento a mais na lista de fatores que levaram à minha queda".

Massa detalha judicialização da F1 2008 ao Motorsport.com

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Motorsport.com debate Ferrari pós-Monza, futuro de Sainz e possibilidade de Palou na F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Márquez 'flerta' com possível ida à Gresini em 2024
Próximo artigo MotoGP: Bezzecchi é o mais rápido da sexta-feira em Misano; Bagnaia garante top 10 no retorno

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil