MotoGP: Braço de Márquez finalmente começa a melhorar; entenda

Piloto espanhol da Honda ainda é dúvida para o começo da temporada da categoria rainha da motovelocidade mundial

MotoGP: Braço de Márquez finalmente começa a melhorar; entenda

O braço direito quebrado do hexacampeão mundial de MotoGP Marc Márquez, que tirou o espanhol da temporada 2020, agora finalmente começa a dar sinais de cura, de acordo com a Honda.

Márquez quebrou o úmero direito em um acidente durante a última fase do GP da Espanha do ano passado em Jerez e imediatamente foi submetido a uma cirurgia para colocar uma placa no osso.

O editor recomenda:

O piloto da fabricante japonesa tentou uma recuperação poucos dias depois, mas teve de abandonar a empreitada porque o esforço causado pelas atividades de pista piorou a situação do braço.

Ele precisou de uma segunda operação em agosto, o que acabou 'excluindo-o' do resto da temporada. Depois, o hexacampeão mundial se submeteu a uma terceira cirurgia em dezembro.

Em sua última operação, médicos enxertaram parte de seu quadril no braço para ajudar no processo de cicatrização, embora a recuperação tenha sido ligeiramente retardada pela descoberta de uma infecção decorrente de sua cirurgia anterior.

Essa operação deve ter um período de recuperação de seis meses, embora a Honda até agora tenha permanecido calada sobre a reabilitação de Márquez. Ele recentemente começou a treinar novamente e conseguiu remover a proteção de ombro que carregava há algum tempo.

No entanto, com seis semanas para o início programado da temporada 2021 no Catar, em 28 de março, além dos testes que começam na primeira semana de março (se a pandemia permitir), a participação de Márquez ainda permanece em dúvida.

O espanhol terá a companhia do compatriota Pol Espargaró na Honda em 2021, com a dupla devendo aparecer lado a lado como pilotos da Honda pela primeira vez em 22 de fevereiro, na apresentação oficial da equipe.

Nos últimos meses, as conversas sobre a possibilidade de a Honda recorrer ao ex-piloto da Ducati Andrea Dovizioso para substituir Márquez nas primeiras corridas de 2021, caso o espanhol continue incapaz de pilotar, vieram à tona.

Dovizioso - que está tirando um ano sabático em 2021 depois de perder sua vaga na Ducati - não descartou a possibilidade, enquanto seu empresário disse recentemente que o italiano está pronto caso a Honda tome a decisão.

No entanto, parece que a Honda pôs esses rumores de lado e provavelmente vai utilizar o piloto de testes alemão Stefan Bradl - como fez a partir de Brno no ano passado - caso precise substituir Márquez.

CORRIDAS aos SÁBADOS ganham força e podem ESTREAR na F1 em 2021; congelamento de motores é APROVADO

PODCAST #088 - F1 na Band e o 'fico' de Hamilton: o que esperar de 2021?

 

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

compartilhar
comentários
MotoGP: Rossi afirma que é "impossível perdoar" Márquez por polêmicas de 2015

Artigo anterior

MotoGP: Rossi afirma que é "impossível perdoar" Márquez por polêmicas de 2015

Próximo artigo

MotoGP: KTM mantém estilo e Tech3 vai pro laranja sem Red Bull; veja

MotoGP: KTM mantém estilo e Tech3 vai pro laranja sem Red Bull; veja
Carregar comentários