MotoGP: Marquez "batida do TL2 me afetou bastante no sábado"

Marc Marquez admitiu que o grave acidente no TL2 na sexta o afetou bastante para a classificação de sábado, terminando em 20º 

MotoGP: Marquez "batida do TL2 me afetou bastante no sábado"

Marc Marquez foi arremessado de sua Honda RC 213V no início do segundo treino de sexta-feira e teve que fazer alguns exames com a suspeita de ter quebrado o tornozelo.

Leia também:

Apesar de escapar sem nenhuma lesão, Marquez admitiu que ele sentiu que seria impossível pilotar no sábado, mas foi se sentindo melhor com o passar do dia.

No Q1, Marquez bateu na curva De Bult enquanto tentava uma volta rápida, tendo que se contentar com o vigésimo lugar no grid da corrida de 26 voltas no circuito de Assen.

"Assim, é verdade que hoje eu comecei o dia e a primeira coisa foi que eu pensei 'ok, será impossível pilotar a moto' porque [depois] da batidade de ontem eu tive muita dor no pé direito e não estava conseguind apertar com meu braço direito", contou Marquez. "Então foi bem difícil. Isso foi de manhã, depois de tarde, aos poucos, eu me senti melhor e isso me deixou feliz porque agora parece que estou indo para um bom caminho e amanhã será ainda melhor".

Marquez ainda contou que "apesar daquilo [a batida], de tarde eu estava capaz de dirigir rápido sozinho e atrás. Na primeira volta eu fiz meu tempo sozinho. Na segunda tentativa eu tive a chance de seguir Zarco por algumas voltas mas na última - ok, eu toquei no verde - mas eu fiz 1m33s baixo e depois 1m33 e meio, o que foi um bom ritmo com pneus usados. É verdade que a batida de ontem me afetou muito hoje", revelou o espanhol.

Na sexta, Marquez insistiu que a Honda encontrasse a solução do que ele pensou que fosse problemas eletrônicos que causaram o seu acidente. Ele revelou hoje que o controle de tração estava desligado no momento em que ele foi jogado de sua RC123V.

Mas a Honda instalou novos sistemas eletrônicos para o sábado e a medida foi aprovada pelo piloto.

"Foi bom porque teve uma reação [da Honda] e quando você pede algo e eles te dão é bom", adicionou Marquez. "E mais do que qualquer coisa, porque analisei a batida de de ontem e foi visível que o controle de tração não estava ligada e por isso eu bati. É importante entender e a equipe reagiu e solucionou. Eu sou grato a eles".

O colega de equipe de Marquez na Honda, Pol Espargaro, foi para o Q2 direto do TL3, mas admitiu que ele errou em escolher os pneus macios para a classificação e que ele conseguiria fazer mais que um 11º lugar.

 

Q4: Veja ANÁLISE da CLASSIFICAÇÃO para o GP DA ESTÍRIA, na Áustria

 

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #114 - TELEMETRIA: Rico Penteado é enfático sobre favorito na Áustria

 

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários

Related video

MotoGP: Viñales bate Quartararo e faz a pole para o GP da Holanda; Márquez cai novamente e sai em 20º

Artigo anterior

MotoGP: Viñales bate Quartararo e faz a pole para o GP da Holanda; Márquez cai novamente e sai em 20º

Próximo artigo

MotoGP - Quartararo: "Não serei conservador. Se vir a chance de ganhar eu arrisco"

MotoGP - Quartararo: "Não serei conservador. Se vir a chance de ganhar eu arrisco"
Carregar comentários