MotoGP Misano September testing

MotoGP: Márquez "sofre mais do que curte" em retorno e não se vê pronto para volta às corridas

Hexacampeão participou da sessão matutina dos testes de Misano e voltará à pista amanhã após fazer 39 voltas em stints curtos

Marc Marquez, Repsol Honda Team

O hexacampeão Marc Márquez voltou a guiar uma moto da MotoGP nesta terça-feira (06) nos testes de Misano, após 100 dias afastado da categoria para a quarta cirurgia no braço direito, resultado da fratura sofrida em 2020. E ao fazer um balanço do dia, o espanhol disse que "sofreu mais do que curtiu", deixando uma interrogação sobre quando voltará a competir de forma integral.

Após a alta médica, Márquez vem intensificando seu treinamento, passando por diversas categorias de moto antes do retorno à RC213V, que aconteceu nesta terça, completando 39 voltas no primeiro dia de testes de Misano, focados no desenvolvimento da moto de 2023.

Leia também:

Como planejado, Márquez não participou da sessão da tarde para que seu corpo possa se recuperar a tempo do segundo dia de testes, na quarta-feira. E apesar de ter ficado feliz com o retorno, ele sente que ainda não está pronto para correr.

"Nas primeiras saídas, eu não gostei muito, mas ficou melhor nas últimas", disse Márquez, cujo melhor tempo foi oito décimos acima da melhor marca da sessão, de Aleix Espargaró. "Para ser honesto, sofri mais do que curti esse primeiro dia".

"É assim, mesmo fazendo uma pré-temporada normal e o primeiro dia no Catar. Você sofre porque as motos são poderosas, e você pode estar em forma, mas a moto é diferente. Hoje eu saí e todos foram muito rápidos porque estão em outro ritmo, e logo após um fim de semana de corrida. Mas eu concentrei em mim, e como guiava a moto. Não foi ruim, então buscarei outro passo amanhã".

"Guiei por instinto. Após 100 dias, você pilota por instinto, sem saber o quão bem está indo nos tempos de volta, mas não foi ruim. Mas o mais importante é que, após essas voltas hoje, estou bem com meu corpo e com meu braço".

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Photo by: Repsol Media

"Fiz stints bem curtos porque ainda preciso trabalhar nos stints longos, e ficava tocando no braço e no ombro porque meus músculos estavam acostumados a trabalhar de outro modo após um ano e meio. Agora os músculos estão funcionando corretamente, mas ainda não estão prontos para aguentar o torque e a potência da moto".

Márquez ainda acredita ser cedo demais para prever quando estará pronto para um retorno às corridas, pretendendo usar o tempo de pista amanhã para avaliar sua condição.

"Hoje, se eu fizesse a distância de uma corrida, não terminaria. Talvez 10 voltas seguidas, mas 27 [número de voltas em Misano], ainda estou longe. Mas amanhã vamos entender se dei um passo adiante ou não. Amanhã será importante, junto com quinta e sexta para ver como meu corpo e meu braço reagem".

"De vez em quando após um grande esforço você sente um passo atrás por causa da dor, então preciso entender meu corpo e o que ele está me pedindo. O osso está 100% recuperado, está perfeito, é mais uma questão dos músculos. Na área fraturada eu não sinto dores, é mais no cotovelo e nos ombros".

"Mas o braço parece OK. Mas a verdade é que sinto dores no cotovelo e especialmente na parte traseira do ombro".

Após o primeiro dia de testes em Misano, a melhor marca ficou com o vencedor do GP de San Marino: Francesco Bagnaia. O piloto da Ducati marcou 01min31s292, 0s607 mais rápido que a pole de seu companheiro de equipe, Jack Miller no último sábado, sessão que foi realizada sob uma leve presença de chuva.

MARI BECKER disseca Hamilton e Alonso, responde sobre HATERS, fala de DRUGO na F1 e avalia LECLERC

PODCAST #193: 'Estilo Briatore' faz com que Piastri chegue à F1 queimado?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Após quarta vitória seguida, Bagnaia assume vice-liderança; veja situação do Mundial após o GP em Misano
Próximo artigo GP de Aragón de MotoGP: Horários e como assistir à etapa no MotorLand

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil